Oscar 2019: 8 fatos sobre 'A Favorita', favorito para Oscar de Melhor Filme

Por Metro Jornal
a favorita

O grego Yorgos Lanthimos figurou novamente nos Oscars com o longa A Favorita, que traz um elenco de três protagonistas femininas de peso, em uma trama situada no século 18.

Um dos mais cotados para a estatueta de Melhor Filme, A Favorita teve um processo de produção de muita criatividade, improviso, e corte de gastos.

Leia mais:
8 curiosidades sobre ‘Roma’, indicado a Melhor Filme
A amizade real que fundamentou a história de 'Green Book' e outros fatos sobre o filme

Confira 8 curiosidades sobre a obra:

Os vestidos de época foram feitos com tecidos modernos – alguns de brechó

Por uma decisão criativa da própria figurinista, as roupas usadas no longa são feitas a partir de tecidos modernos, que não existiam na época. O filme se passa no século 18, porém vários figurinos são feitos com laser, vinil, e até jeans.

Os tecidos também são, em maioria, de baixo custo, como vários outros elementos do longa. Por exemplo, o jeans usado nos figurinos das empregadas são feitos a partir de peças encontradas em brechós na Inglaterra. A camisola que a Rainha Anne veste utiliza o tecido de um lençol, comprado pela figurinista no site de vendas online eBay.

As perucas eram feitas e refeitas do zero, num trailer só para elas

Novamente para poupar gastos, as perucas que simulavam cortes e penteados daquele século eram feitas do zero pela equipe do filme.

Diversas vezes, perucas e até algumas roupas eram produzidas, e em seguida completamente desfeitas, para suas partes serem reutilizadas em outras cenas e figurinos.

Havia também um trailer somente para guardar as perucas usadas no longa.

O ator Nicholas Hoult deu nome a todas as suas perucas

Um fato divertido foi compartilhado pela maquiadora Nadia Stacey. O jovem ator Nicholas Hoult, que interpreta Robert Harley, deu nomes a todas as perucas que utilizou no longa.

Uma laranja se chamava Lulu, outra, Hattie. Sua mais utilizada era chamada Barbara – ou Babs, carinhosamente.

Emma Stone era a única atriz dos EUA no elenco

Com o Oscar dominado por artistas dos Estados Unidos, esta é uma curiosidade inusitada. Em A Favorita, Emma Stone é a única pessoa estadunidense do elenco.

Grande parte da equipe era britânica – Rachel Weisz nasceu em Londres, enquanto a protagonista Olivia Colman é natural de Norwich, também na Inglaterra.

Leia mais:
Crítica: Embalado por trio feminino robusto, 'A Favorita' narra disputas da corte britânica
Na TV e no cinema, este é o ano de Olivia Colman

Emma pediu ao diretor para aparecer de topless em cena

Durante uma das cenas do filme, a atriz Emma Stone aparece com os seios à mostra, em um ato de humilhação.

A decisão foi da própria atriz, que precisou convencer o diretor Yorgos Lanthimos que aparecer nua seria muito mais significativo do que se estivesse coberta por um lençol.

A figurinista Sandy Powell recebeu duas indicações ao Oscar no mesmo ano, na mesma categoria

Isso que é competência! A figurinista do longa, Sandy Powell, precisou se dividir entre a função em A Favorita e O Retorno de Mary Poppins.

Felizmente, ambos eram filmados no mesmo estúdio, e Powell ficou responsável pelo figurino de ambos os longas.

No final, os dois filmes acabaram recebendo uma indicação por Melhor Figurino, fazendo Powell ser indicada duas vezes, na mesma categoria, e no mesmo ano.

Yorgos Lanthimos encaixou referências a seus dois filmes anteriores no longa

Durante um banquete real, os personagens são servidos com determinados pratos. O diretor tomou essa oportunidade para fazer alusões a suas produções passadas.

A rainha Anne, interpretada por Olivia Colman, come lagosta. Ela esteve no longa The Lobster em 2015, dirigido por Lanthimos.

Os personagens também comem carne de cervo. Em 2017, ele dirigiu o filme O Sacrifício do Cervo Sagrado.

Rachel Weisz substituiu Kate Winslet como Lady Sarah

A atriz Kate Winslet estava envolvida na produção, no papel de Lady Sarah. No entanto, ela deixou o longa, sendo substituída por Rachel Weisz.

Essa é a segunda vez em um único ano que Weisz ganha um papel anteriormente destinado a Kate Winslet. A primeira vez foi com o filme Somente o Mar Sabe, também de 2018.

Assista ao trailer de "A Favorita":

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo