Diretor italiano Matteo Garrone retoma violência em ‘Dogman’

Por Metro Jornal

O diretor italiano Matteo Garrone conquistou fama internacional com “Gomorra” (2008), no qual retratava de forma crua a violência de parte da máfia italiana.

Leia mais:
‘Parece que o tempo não passou’, diz Tom Cavalcante sobre ‘Sai de Baixo – O Filme’
Oscar 2019: Rede de cinema promove maratona de filmes indicados a R$ 15

Essa mesma aspereza é retomada agora com “Dogman”, que estreia nesta quinta-feira (21) após garantir para Marcello Fonte o prêmio de melhor ator no último Festival de Cannes.

Como é comum nos demais filmes do diretor, o protagonista é um sujeito desconhecido do grande público e distante dos estereótipos de um beleza cinematográfica.

Fonte encarna Marcello, dono de um salão de beleza para cães que se divide entre os clientes e os cuidados da filha. Sua personalidade é marcada pela gentileza, e isso parece irritar Simone, um ex-boxeador responsável por fazer bullying em todo o bairro.

Cansado da humilhação, Marcello elabora uma vingança contra o agressor.

Assista ao trailer:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo