A série perturbadora da Netflix que pode ter passado despercebida

Por Victória Bravo

As séries sobre crimes e assassinos têm ganhado cada vez mais fãs na Netflix. Não é à toa que produções como “Dirty John”, “You” e “Conversando com um serial killer: Ted Bundy” geraram muitas discussões logo que entraram para o catálogo do streaming.

No entanto, existe uma série perturbadora e sombria, que pode ter passado despercebida para muitas pessoas que gostam deste assunto.

Este mês, a Netflix acrescentou a segunda temporada de “Bordertown” (originalmente nomeada como “Sorjonen”), uma série finlandesa que é um pouco diferente do que estamos acostumados a ver no momento.

LEIA TAMBÉM:
Estes são os filmes indicados ao Oscar 2019 que você pode assistir na Netflix

A trama gira em torno de Kari Sorjonen, um detetive que se muda para uma cidade na fronteira entre a Finlândia e a Rússia buscando tranquilidade, mas acaba enfrentando casos chocantes que revelam o lado mais sombrio que pode habitar um ser humano.

Ao contrário de outras séries, Sorjonen não se trata de procurar um único assassino ou um caso por capítulo, mas ao longo da temporada existem vários crimes que o detetive deve enfrentar. Os criminosos também não são mostrados como pessoas atraentes e que você consegue até simpatizar (como no caso de “Joe”, protagonista de “You”).

Confira o trailer da primeira temporada:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo