Folia sem agonia: fazer a própria fantasia de Carnaval em casa sai mais barato que comprar pronta

Por Metro Brasília
selo carnaval 2019

Não é preciso gastar muito para ir às ruas fantasiado no Carnaval. Viviane Barreto, por exemplo, é uma foliã profissional: mantém em sua casa duas caixas organizadoras cheias de artigos carnavalescos e ela só pisa na rua enfeitada: na maioria das vezes, porém, e ela mesma quem faz a fantasia.

Leia mais:
Carnaval de rua: último fim de semana de festas não oficiais terá 22 blocos em São Paulo
Carnaval de rua de São Paulo terá número recorde de blocos; veja novidades

“Você economiza muito dinheiro ao pensar uma fantasia do zero, mas claro, isso tem que ser compensado em um investimento de tempo. Dá trabalho, mas compensa”, afirma.

No último carnaval, ela se fantasiou de Saori, de Os Cavaleiros do Zodíaco. Tirando a peruca, tudo foi feito por ela e a mãe, boa parte usando apenas papel. Sair fantasiada durante a folia já rendeu boas histórias. “O cantor estava de faraó e eu de Cleópatra, então ele me convidou para ir para o trio. Você usar uma fantasia faz você se destacar”, diz.

Alternativa em grupo

Uma boa opção para economizar – e chamar ainda mais atenção – durante o Carnaval é adquirir os acessórios e fantasias em grupo. Comprar mais de três peças facilita a negociação de descontos (fantasias de R$ 70 podem sair até por R$ 50).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo