Cópia de Super Mario Bros para o NES é vendida por mais de 100 mil dólares

Por Luccas Balacci – Metro São Paulo

Símbolo de uma geração e um dos jogos mais importantes da história dos videogames, o cartucho de Super Mario Bros é um dos mais comuns de serem encontrados entre os títulos da primeira geração de consoles da Nintendo americana, o NES (Nintendo Entertainment System, de 1985).

O jogo alcançou a marca de 40 milhões de cópias em circulação, sendo sua maioria nos Estados Unidos, e é vendido na internet ou em lojas e feiras de antiguidades por lá custando em média US$ 10 (ou cerca de R$ 37).

Uma cópia especial, porém, chamou a atenção do mundo nesta semana ao ser vendida por US$ 100.150 (cerca de R$ 370 mil). O que, afinal, justificaria um salto de preço astronômico como esse, já que versões lacradas do jogo podem ser encontradas em média por US$ 500 (ou cerca de R$ 1.850)?

A queda dos videogames

NES Nintendo Nintendo Entertainment System, lançado nos Estados Unidos em 1985 / Reprodução

Antes de tudo, um pouco de história. Em 1983, o mercado de videogames, liderado por empresas como Atari e Coleco, sofreu uma dura queda de interesse do público norte-americano, resultado da enorme variedade de consoles e da ascensão dos computadores pessoais (os "PCs").

Por isso, quando a Nintendo viu sucesso em seu primeiro videogame caseiro no Japão, o Famicom (Family Computer, de 1983), foi necessário um planejamento cauteloso para trazer a marca para os Estados Unidos. Com um novo nome, formato e conceito, o NES chegou na América do Norte dois anos depois do lançamento no oriente.

A empresa decidiu testar o console no começo, iniciando as vendas apenas em Nova York e depois expandindo para cidades como Los Angeles, até atingir todo o país. Um dos primeiros títulos levados ao público americano foi Super Mario Bros.

Veja a propaganda do NES que circulou nos Estados Unidos:

Adesivos ao invés do plástico

Os jogos da Nintendo em seus três primeiros consoles vinham embalados em uma caixa de papelão, normalmente vendidos com uma proteção de plástico. Durante o começo das vendas do NES, o Super Mario Bros não vinha com o plástico, sendo fechado apenas com um adesivo preto com o nome da Nintendo.

As caixas, dessa forma, eram muito mais suscetíveis a estragos, o que torna a cópia leiloada nesta semana tão especial. O cartucho em questão, de 1986, nunca foi removido de sua embalagem, que está fechada e lacrada com o adesivo. Além de tudo, a caixa está em condições praticamente perfeitas – a avaliadora Wata Games classificou o produto com a nota 9.4 de 10.

Super Mario Bros Valiosa cópia está protegida por embalagem firme de plástico / Divulgação

Importância histórica

Não apenas esta cópia de Super Mario Bros é uma das mais bem preservadas em circulação no mundo, como é uma das primeiras que foram produzidas no mercado americano, se tornando um pedaço histórico da indústria dos videogames.

Após o leilão, o item se tornou o primeiro da categoria a ultrapassar os US$ 100 mil em valor de venda e se consagrou como o jogo mais valioso de todos. Nada mal para o simpático Mario.

A primeira fase de Super Mario Bros é um clássico. Assista:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo