Advogado afirma ter descoberto gravação de R. Kelly abusando sexualmente de garota de 14 anos

Por Metro Jornal

O advogado Michael Avenatti afirma ter entregue para promotores do condado de Cook uma fita de vídeo que mostra o músico R. Kelly em ato sexual com uma adolescente de 14 anos.

A fita teria 45 minutos de duração e nunca foi divulgada, ou usada em julgamento, de acordo com o advogado.

A Promotoria do Estado afirmou não poder confirmar ou negar que há uma investigação em curso.

LEIA MAIS:
Victor Chaves ironiza acusação de agredir a mulher em vídeo em que entrevista a si mesmo

Avenatti ainda afirmou que seu cliente, que lhe forneceu o vídeo, conhece a adolescente que aparece no vídeo. Ele trabalhou com R. Kelly por décadas, e diz tê-la visto em "diversas ocasiões".

A defesa do músico disse estar confiante de que Kelly não fez nada de errado. "Eu certamente acredito que não há uma fita que o mostra agindo de forma inapropriada com uma mulher menor de idade", disse Steve Greenberg, advogado, ao Chicago Tribune.

R. Kelly tem um longo histórico de acusações, seja de má conduta sexual, abuso, ou manipulação. Um documentário de seis horas chamado "Surviving R. Kelly" (Sobrevivendo a R. Kelly) foi transmitido pelo canal Lifetime e acusou o artista de manipular jovens a entrarem em um "culto" sexual.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo