Homem vai processar os próprios pais: 'não dei permissão para nascer'

Por Metro Jornal

Um indiano de 27 anos criou polêmica após publicamente anuncar seus planos de processar seus pais, por lhe terem dado a luz sem seu consentimento.

Segundo a BBC, Raphael Samuel acredita que, por não ter pedido para nascer, ele deve ser indenizado pelo resto de sua vida.

Raphael contou que, embora entenda que o consentimento não pode ser pedido ou concedido antes de nascermos, ele acredita que a compensação é necessária pelo "sofrimento eterno" com que ele agora lida.

Samuel se descreve como "anti-nascimento", por atribuir um significado negativo para nascer. Ele contou que, desde os cinco anos, ele não compreende por que as pessoas nascem. Ele explicou melhor sua decisão em um vídeo em seu canal do YouTube.

"Eu era uma criança comum. Um dia, estava muito frustrado e não queria ir à escola, mas meus pais ficavam me pedindo para ir. Então eu perguntei a eles: 'Por que vocês me tiveram?'. Meu pai não soube responder", contou Samuel. "Talvez se ele tivesse respondido, eu não pensaria assim".

Ele conta que tem uma relação ótima com os pais, e eles compreenderam sua decisão.

"Eu admiro a coragem do meu filho de levar-nos ao tribunal, sabendo que nós dois somos advogados", disse a mãe de Raphael, em uma postagem na conta do filho. "Se Raphael conseguir dar uma explicação racional sobre como nós poderíamos ter buscado seu consentimento para nascer, eu aceitarei minha culpa".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo