Entre idas e vindas, pais de Bieber e Hailey foram essenciais para aproximação do casal

Por Metro Jornal

Em entrevista de capa para a revista "Vogue" de março, que foi divulgada nesta quinta-feira (7) no site da revista, Hailey Baldwin e Justin Bieber abriram o coração pela primeira vez à imprensa. Casados 'no civil' desde setembro, eles ainda pretendem fazer uma cerimônia religiosa e falaram sobre os primórdios dessa relação que, apesar de ter tido os últimos capítulos apressados – 12 semanas entre o namoro e o casamento – começou há 10 anos.

Bieber, 25 anos, e Hailey, 22, se conheceram em 2009, quando ela ganhou ingressos do tio Alec Baldwin para ver o cantor no programa Today. Ao contrário do que muitos dizem, ela não era, à época uma belieber. "Nunca fui superfã dele ou de qualquer pessoa", contou à revista. "Nunca foi essa coisa de gritar por causa dele. Eu não pensava em nada mais além de que ele era bonitinho. Todo mundo tinha crush nele. Mas eu achava a diferença de idade estranha", disse.

O contato pararia ali se não fosse por Pattie Mallette, a mãe de Bieber, e Stephen Baldwin, o pai de Hailey. Segundo a entrevista, ambos são evangélicos e tornaram-se amigos, o que deixou também os filhos próximos, por tabela.

Kennya Deodato Baldwin Stephen Baldwin Os pais de Hailey, Kennya e Stephen Baldwin / Getty Images

A amizade entre o agora casal começou apenas alguns anos depois. Hailey começou a frequentar a mesma igreja que Bieber, a Hillsong. Durante um culto em Nova York, eles se encontraram e ele notou que a menina estava diferente. "Ele disse, 'ei, você cresceu'. E eu falei tipo: 'Sim, e aí?"", explicou.

Justin Bieber e Pattie Mallette Christopher Polk/Getty Images

Com o tempo, ele se tornou o melhor amigo menino de Hailey, segundo ela explicou. "Eu estava perto dele como um amigo, mas não estávamos saindo como um casal", contou.

O primeiro encontro  só rolou três anos depois, mas as coisas acabaram mal e ainda precisam ser resolvidas, acredita a senhora Bieber. "Coisas negativas aconteceram e ainda precisamos conversar e lidar com isso", confessa.

A coisa ficou feia: "Era algo dramático. Houve um tempo em que se eu entrasse em uma sala, ele saía". Foi só em junho de 2018, quando Justin já estava separado – mais uma vez – de Selena Gomez, que houve o reencontro.

Eles estavam numa conferência da Vous Church em Miami e Haley deu um abraço. "Nessa época nós já tínhamos superado o drama do passado. No fim da conferência, ele disse: 'Nós não vamos ser amigos'. Eu respondi: "Não?". Ela soube o que ele quis dizer um mês depois, quando ele a pediu em casamento.

Veja foto da capa da Vogue:

Newlyweds Justin and Hailey Bieber are our March issue cover stars! See the full spread: http://vogue.cm/fwToueq

Posted by Vogue on Thursday, February 7, 2019

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo