Reconhecido por seu trabalho na Marvel, Bruno Oliveira mostra vida sem filtros em nova HQ

Por Bruno Bucis - Metro Brasília

Ele alcançou o maior sonho de quem gosta de desenhar: trabalhar criando super-heróis. Um dos mais famosos quadrinistas do Brasil, Bruno Oliveira foi contratado pela Marvel para fazer desenhos originais para personagens carismáticos como o Deadpool. Ao alcançar o posto, ele se perguntou: “E agora, Bruno?”. É essa a dúvida que guia o novo trabalho independente dele.

Leia mais:
Oscar 2019: você sabe qual é a diferença entre as categorias Mixagem e Edição de Som?
Musical brasileiro será montado em Nova York

Oliveira criou uma campanha on-line de financiamento para seu novo projeto, “E agora, Bruno?”, uma HQ em que narra a sua rotina – bem menos glamourizada do que era de se imaginar – de uma forma bem humorada. “Uma vez um fã me reconheceu na padaria e ficou impressionado de eu estar de chinelo e bermuda. Foi tão louco. Eu acho entediante os desenhistas que se acham superstars, esse calor do Brasil e o cara o tempo todo de jaqueta de couro…”, brinca o quadrinista.

Embora nem tudo seja engraçado na vida de Bruno, há até passagens bastante sombrias na HQ, o viés escolhido para abordá-las é sempre pelo da comédia. “Não queria que parecesse terapia, que é um tom muito adotado por quem faz quadrinhos autobiográficos. Além disso, usar a comédia e a leveza faz a gente tirar um pouco as HQs do pedestal, quando você comprava revistas para ler, não para colecionar”, diz Oliveira.

"Eu sou um desenhista, mas como se trata da minha vida, eu já comecei sabendo como seria o visual. O desafio foi por a história em um roteiro" – Bruno Oliveira, quadrinista

“Não é uma revista sobre como virar um desenhista da Marvel, até por que para cada um esse caminho é diferente,  o que eu quis mostrar um outro lado, mas com um roteiro. Eu estou gostando de fazer roteiro, inclusive, mas vou aprendendo com os erros. Eu escrevo a piada e mostro pra minha esposa. Se ela rir, vai pra HQ”, diz.

A autobiografia do quadrinista pode ser apoiada em uma campanha ao longo dos próximos 34 dias pelo site do Catarse. É possível contribuir com o projeto com valores a partir de R$ 10. Quem quiser desembolsar mais, porém, pode receber até artes originais que ele concebeu para revistas da Marvel ou mesmo ter seus personagens preferidos em um desenho exclusivo feito pelo artista – isso por a partir de R$ 300.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo