‘Grace and Frankie’ mostram menos vigor em quinta temporada

Por Bruno Bucis - Metro Brasília

Com sexta temporada garantida e a quinta temporada recém-posta em catálogo, a série “Grace & Frankie”, da Netflix, parece não mostrar sinais de desgaste com o público. Uma olhada mais aprofundada da trama, porém, mostra que a sinergia entre as personagens de Jane Fonda e Lily Tomlin já não é a mesma.

Leia mais:
Demolidor: ‘Voltaria na hora’, diz Charlie Cox após o cancelamento da série
Ted Bundy: filme e série reavivam frenesi em torno de assassino famoso

Embora siga sendo uma das melhores séries originais de comédia da gigante do streaming, a trama começa a se perder. O que fez a trama se destacar ainda está ali: a mescla de cenas absurdas que fazem o espectador engasgar de rir com outras que emocionam até quase fazer chorar. Os gatilhos que são usados para despertar essas emoções, no entanto, são cada vez mais repetidos ao longo da trama, em especial da vida vazia dos ex-maridos das protagonistas, que começam a ficar entediantes.

A trama narra a vida de Grace (Fonda) e Frankie (Tomlin), duas mulheres opostas, mas unidas pelo relacionamento homossexual que seus respectivos maridos assumem já na velhice. Após cinco anos deste choque inicial, porém, os roteiristas tem buscado saídas um tanto estapafúrdias para manter o interesse perante a vida das senhoras. A reviravolta do fim da temporada pode dar um gás ao sexto ano, mas será necessária mais inteligência para aproveitá-la e manter o espectador conectado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo