Artista plástico processa Ariana Grande por plágio em clipe 'God is a woman'; entenda

Por Metro Jornal

A cantora Ariana Grande está sendo processada por plágio por uma imagem utilizada no clipe "God is a woman", um de seus recentes lançamentos. A faixa faz parte do álbum "Sweetener", divulgado no ano passado.

Leia mais:
Ariana Grande tenta corrigir tatuagem em japonês, mas piora a situação
Anitta lança cover de ‘thank u, next’, de Ariana Grande; ouça

Segundo o site TMZ, o artista plástico russo Vladimir Kush reinvindica a autoria da imagem de uma cena em que Ariana aparece como um pavio de uma vela. Ele afirma que seus quadros "The Candle" e "The Candle 2", de mais de 20 anos, tem os mesmos elementos: uma mulher como o pavio de uma vela, com os braços levantados, contra um céu parcialmente nublado.

Veja a comparação:

ariana grande plagio Reprodução

Kush entrou com uma ação na Justiça americana solicitando indenização e exigindo que o clipe seja retirado do ar. Ele ainda lembra que a produtora responsável, Freenjoy, já tem outros processos por plágio.

Ele se refere a "All the Stars", música de Kendrick Lamar e SZA para a trilha sonora de "Pantera Negra", que também gerou um processo para a empresa, em fevereiro do ano passado. A artista plástica britânica Lina Iris Viktor acusou a produção do clipe de copiar todo o conceito de suas obras "Constellations I," "Constellations II" e "Constellations III".

"God is a woman" conta, atualmente, com quase 200 milhões de visualizações.

Assista ao clipe:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo