Dumplin' e outros 4 filmes que discutem padrões de beleza e ajudam a sua autoestima

Por Metro Jornal

"Dumplin"", filme original da Netflix que estreia no próximo dia 8, promete falar sobre padrões de beleza tendo como heroína a personagem título, interpretada por Danielle MacDonald, atriz australiana e gorda. A mãe da protagonista é ninguém menos que Jennifer Aniston, campeã no concurso de miss. Mesmo assim, Dumplin, que ganhou o apelido em referência aos bolinhos chineses, procura não atender aos padrões estéticos e vive numa boa, incentivada por uma tia querida.

O longa-metragem, inspirado em um livro de Julie Murphy, é mais um aliado do mundo do entretenimento ao movimento body positive, que busca discutir pressões de beleza que afeta principalmente as mulheres.

Antes da entrada do filme na plataforma, confira abaixo mais x exemplos de filmes que discutem beleza e dão aquela forcinha pra sua autoestima. Cabelo liso? Barriga negativa? Altura de top model? Namorado perfeito? Esqueça!

Sexy por Acidente

Já pensou em bater a cabeça e acordar desse episódio se achando a pessoa mais linda do mundo? Isso acontece com  Renee (Amy Schumer), que, como muitas de nós, é muito insegura a respeito da própria aparência. Superconfiante após uma queda, ela passa a ir atrás de seus objetivos sem encanações.

Dá vontade, né? Mas é só ficção para fazer rir, pessoal! Na vida real, a gente não vai mudar de um dia para o outro. A desconstrução é diária.

Onde assistir: Now ou no YouTube Filmes (dublado, a partir de R$ 11,90)

Felicidade por um Fio

Você, sua amiga ou uma familiar com certeza já passou por um processo de alisamento de fios, seja temporário ou definitivo, e se privou de curtir momentos para não estragar o penteado alinhadinho. Às vezes, isso começa logo na infância. É o caso de Venus, uma publicitária que cresceu desmanchando os caracóis do cabelo com técnicas caseiras e era impedida de entrar na piscina pela mãe. Na atualidade, ela escorrega da cama mais cedo para fazer chapinha e não deixar que o namorado (Ricky Whittle), de quem espera um pedido de casamento, veja seus cachos. Quando todos os planos de futuro saem do controle, ela começa a questionar todo esforço para deixar seu cabelo tão longe do natural.

Como muitas crespas e cacheadas que deixaram de alisar o cabelo e estão no famigerado processo de transição ou passaram pelo BC (big chop ou corte radical para retirar as partes alisadas), Venus passa por muitas etapas de aceitação.

Onde assistir: Netflix

 

DUFF – Você Conhece, Tem ou É

Bianca (Mae Whitman) entra em choque quando descobre que, na 'casta' do ensino médio, ela é considerada uma DUFF (anagrama, em inglês, para amiga feia e gorda) que sempre acompanha as meninas bonitas. Revoltada, ela acaba se afastando das melhores amigas, que são bonitas e populares. Aproveitando-se de suas boas notas, ela faz uma proposta ao vizinho (Rob Arnell), um atleta bonitão que está quase reprovando: ela o ajuda com os estudos; ele mostra a ela como mudar sua imagem radicalmente. Apesar do clichê adolescente, o filme vale por acompanhar essas tentativas de comparação.

via GIPHY

Onde assistir: Netflix

Sierra Burgess É uma Loser

Inspirado em Cyrano de Bergerac, o filme é adaptado para a realidade dos colégios norte-americanos e é protagonizado por uma mulher. Sierra (Shannon Purser) é uma menina inteligente, mas sofre bullying por ser gorda e fazer parte da banda da escola (aquela que toca nos jogos de futebol). O conflito começa quando a moça passa a receber mensagens no celular de Jamie (Noah Centineo), um rapaz sensível e bonitão de outro colégio, que acredita estar conversando com Veronica (Kristine Froseth), menina bonita e má do colégio de Sierra. A protagonista às vezes é bem egoísta, o que rendeu críticas e a dificuldade em criar empatia por seus dramas, mas é bom ver que relações nascem independentemente de aparência.

Onde assistir: Netflix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo