Designer acrescenta os próprios traços à capital paulista no livro 'O Guia Fantástico de São Paulo'

Por Metro Jornal
capa O Guia Fantástico de São Paulo

Os quatro anos em que a designer espanhola Ángela León viveu na capital paulista, entre 2011 e 2015, foram registrados na forma de desenhos que traçam a relação de afeto dela com a cidade.

Leia mais:
Em versão de ‘Dogville’ no teatro, câmeras interagem com atores
A Favorita: com trio feminino forte, filme narra disputas da corte britânica

Eles compõem “O Guia Fantástico de São Paulo”, que, após receber edições autopublicadas, foi lançado pela Lote 42. “Queria conhecer a cidade, entendê-la e gostar dela. São Paulo me deu tantos estímulos que o mais difícil foi escolher quais seriam os desenhos e os temas, porque poderia ser infinito”, afirma a artista.

O livro faz um passeio solto pela cidade a partir de temas como arquitetura, vida ao ar livre e migrações.

Com isso, a autora faz um inventário tanto lugares reais que marcam a paisagem – desde prédios icônicos a botecos de esquina – quanto espaços que Ángela sonharia em vez concretizados, como uma piscina sobre o Minhocão ou o rio Tietê sendo navegado e utilizado pela população.

“O ‘Guia’ é um livro hedonista. Pode parecer frívolo, mas os prazeres são necessários e os vejo como um posicionamento digno para se relacionar com a cidade”, afirma a espanhola.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo