'O nome dela é Jenifer': Com novo hit, Jennifer entra para lista dos ‘nomes musicais’

Por Victor Faria - Metro Maringá

O nome dela é Jennyfer Bornia. Embora a grafia seja diferente a do hit “Jenifer”, de Gabriel Diniz, a associação com a musa da música é praticamente inevitável. Basta ela se apresentar para que o refrão “o nome dela é Jenifer, eu conheci ela no Tinder’ seja entoado.

Depois que a música alcançou mais de 90 milhões de visualizações no YouTube, Jennyfer entrou para o grupo das Carlas, Annas Júlias, Renatas e Danielas, nomes femininos eternizados em canções e que caíram na boca do povo.

Leia mais:
Icarus Falls: como Ícaro, novo CD de Zayn não decola
Banda The Old Skull Guz estreia com rock e blues

Jennyfer é publicitária e encarou de forma descontraída o “sucesso” repentino do nome nos últimos dias. “A primeira vez que ouvi essa música foi no Spotify, na playlist ‘descobertas da semana’. Meu cunhado, de 9 anos, não para de cantar. Até acho engraçado”, disse.

Apesar disso, a publicitária diz ter receio de não ser levada a sério, já que basta dizer o próprio nome para que as pessoas comecem a cantar e a conversa seja interrompida por risos.

“Uma amiga do meu namorado perguntou se ele me conheceu no Tinder, mas nem ligamos. Depois que ouvimos a música, fui entender o porquê da pergunta. Meu namorado simplesmente odeia a música”, revela.

  • 1996: ‘Mil e uma noites de amor’
    Netinho lançou o hit carnavalesco ‘Milla’.
  • 1999: ‘Quem te ver passar assim’
    O single ‘Anna Júlia’, dos Los Hermanos, bombou.
  • 2001: ‘Eu te amei como jamais’
    LS Jack traz a faixa ‘Carla’ no disco V.I.B.E.
  • 2004: ‘Trocou o meu amor por ilusão’
    Latino chama de ingrata a famosa ‘Renata’.
  • 2005: ‘Só penso nela, quem é ela?’
    Biquíni Cavadão exalta a musa desconhecida ‘Dani’.
  • 2018: ‘Eu conheci ela no Tinder’
    Gabriel Diniz alcança o sucesso com ‘Jenifer’.

Ingratas?

A analista fiscal Carla Renata Machado sentiu o peso de ter dois nomes que viraram sucesso: “Carla”, da banda LS Jack, e  “Renata”, de Latino. 

Quando as músicas surgiram, Carla Renata era apenas uma criança e levava as brincadeiras na esportiva. E a cantoria a acompanhou ao longo dos anos.

“Não é sempre, mas ainda acontece. Geralmente é com pessoas que me conhecem recentemente. Minha reação é dar risada. Até hoje tem as piadinhas nesse sentido de ‘Renata ingrata’”, disse.

Ainda não conhece a música que promete ser o 'hit do Carnaval'? Ouça:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo