Roteiro de peça 'Marta, Rosa e João' muda de acordo com cartas do tarô

Por Metro Jornal

Não bastasse a dura tarefa de escrever sua primeira peça teatral, a atriz Malu Galli impôs a si mesma também o desafio de brincar com as estruturas dramatúrgicas com “Marta, Rosa e João”, que estreia nesta quinta-feira (17) no Sesc Pinheiros (r. Paes Leme, 195, tel.: 3095-9400; de qui. a sáb., às 20h30; R$ 25; até 23/2).

Inspirada pelo tarô, ela escreveu 22 cenas, mas apenas 13 são apresentadas a cada dia em uma ordem definida justamente pelo jogo de cartas que marca a abertura do espetáculo, quando Rosa (Manoela Aliperti) se descobre grávida durante uma consulta com uma taróloga e decide se reaproximar da mãe, Marta (Malu), que não a viu crescer.

Isso fez com que a atriz, que também dirige a montagem, precisasse desenvolver um jogo no qual a história dos personagens funcionasse independentemente da ordem sorteada. Parece algo limitador, mas foi justamente o que desencadeou o fluxo criativo da autora.

“Quando me propus a escrever, me vi diante de tantas possibilidades que não encontrava nenhuma em especial. Quando tive a ideia de cada cena estar associada a uma carta do tarô, fiquei muito estimulada do ponto de vista da dramaturgia, que não poderia ter cronologia ou curva dramatúrgica”, afirma Malu.

Para ela, essa novidade também funciona como uma provocação para o elenco. “Isso traz um frescor, porque não tem como a gente se preparar antes de cada cena. Tem um jogo improvisado de fazer algo diferente a cada vez. A sensação é de ver algo único, e o público pode voltar que sempre verá uma peça diferente.”

O interesse de Malu no tarô tem menos a ver com seu lado místico e mais com a noção de oráculo. “Sempre achei linda a ideia do herói que consulta o oráculo antes de sair em sua jornada. Nosso caso é mais realista, com uma adolescente grávida. Além disso, tem a coisa de associar os personagens das cartas aos arquétipos teatrais, o que abre múltiplas possibilidades de sentido”, conclui ela.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo