Sexualização de Melody chama a atenção de youtuber gringa: 'Protejam essa menina de 11 anos'

Por Metro Jornal

A youtuber italiana Julia Christina, 25 anos, baseada nos Estados Unidos, publicou recentemente um vídeo discorrendo sobre o perfil de MC Melody em seu canal Ready to Glare. Com o título "Melody precisa de ajuda", Giulia alerta para a excessiva sexualização da cantora mirim, que tem apenas 11 anos, mas aparece em roupas adultas, maquiada e em poses provocantes que não condizem com sua idade.

O vídeo, gravado em inglês, focou nas fotos do Instagram, em que ela acumula mais de 3 milhões de seguidores. "Sei que há muita gente esquisita comentando os vídeos no YouTube, mas como está em português, não acrescenta muito", disse.

A youtuber ficou chocada com o conteúdo da página que pertence, embora muitos se esqueçam, a uma criança. "Ela não é nem adolescente ainda e as fotografias que ela posta estão explorando seu corpo", disse Julia.

 

No entanto, Julia evita um discurso que culpabilize a menina. "Não não sabemos: A- se a família é presente, B- se estão forçando a menina a fazer isso e C- se ela está feliz com isso", afirmou. "Mas provavelmente os pais estão envolvidos porque uma criança de 11 anos não vai saber como fazer o marketing de si mesma. Se for uma menina normal de 11 anos, ela não vai pensar: vou postar uma foto que destaque o meu bumbum", considerou.

As roupas decotadas, curtas e justas, piercing e salto altos também a assustaram. "Ela está sendo exposta como um ser sexual e isso é prejudicial para seu psicológico. Não entendo que tipo de mentalidade pode achar que isso está certo. Claro que os pais estão querendo faturar dinheiro", disse ela.

Melody, que surgiu ainda aos 7 anos e viralizou por conta de seus falsetes, é criada pelo pai, Thiago Abreu, o Belinho, ao lado da irmã mais velha, Bella Angel. Ele costuma justificar o vestuário da filha com um 'personagem' criado para ela.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo