‘True Detective’ tenta se reerguer com Mahershala Ali

Por Metro Jornal

Lançada em 2015, a segunda temporada de “True Detective” causou grande frustração em quem se viu fascinado pelos episódios de estreia, estrelados por Matthew McConaughey e Woody Harrelson.

Na tentativa de emular a engenhosa narrativa criada por Nic Pizzolatto, que alternava passado e presente de forma instigante, a série acabou sendo só confusa e repleta de ação sem propósito.

Com a terceira temporada, que estreia à meia-noite de domingo para segunda, no canal pago HBO, a ideia é recuperar o vigor inicial com a presença de Mahershala Ali, que acabou de vencer o Globo de Ouro por “Green Book”.

Na série, ele vive o detetive Wayne Hays, que, ao lado do parceiro Roland (Stephen Dorff), investiga o desaparecimento de duas crianças na cidade de Ozarks, em 1980. Vemos os personagens ainda em 1990, quando o caso é reaberto, e em 2015, quando Hays tenta rememorar a história para um programa de TV.

Além de ter um ator negro como protagonista, a produção também aborda a evolução do papel da mulher a partir da professora Emilia (Carmen Ejogo), por quem Hays se interessa, injetando assim novas camadas de sentido à história.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo