Estreias no cinema: Ralph e Vanellope quebrando a internet e mais lançamentos desta semana

Por Fred Lopes

Ralph e Vanellope estão de volta! Dessa vez a aventura vai muito além das máquinas do fliperama e ganha o universo; ou melhor, o cyberuniverso. "Toda relação muda de alguma forma, e a melhor amizade é aquela capaz de lidar com isso", diz Phil Johnston, um dos diretores de "WiFi Ralph – Quebrando a Internet", ao explicar as novidades da nova animação da Disney (veja a entrevista completa).

Estreando 2019, também tem o terror alemão "O Manicômio" (leia mais), o suspense com Kristen Stweart "Lizzie" e os dramas estrangeiros "Meu Querido Filho", "A Nossa Espera", "Yomeddine – Em Busca de um Lar".

Assista aos trailers:

WiFi Ralph – Quebrando a Internet

[EUA, 2018], animação de Rich Moore e Phil Johnston.

Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, e Vanellope, sua companheira atrapalhada, iniciam mais uma aventura, dessa vez na world wide web, o universo expansivo e desconhecido da internet. Dessa vez, a missão é achar uma peça reserva para salvar o videogame Corrida Doce, de Vanellope. Para isso, eles contam com a ajuda dos "cidadãos da Internet" e de Yess, a alma por trás do "Buzzztube", um famoso website que dita tendências.


O Manicômio

[Alemanha, 2018], de Michael David Pate. Com Nilam Farooq, Tim Oliver Schultz e Sonja Gerhardt.

Um grupo de youtubers entra ilegalmente na área de cirurgia (supostamente assombrada) em um manicômio abandonado para um desafio de 24 horas, com a esperança de viralizar o vídeo e conseguirem mais seguidores. Porém, não demora muito para eles descobrirem que não estão sozinhos e não são bem-vindos ali. O desafio, na verdade, é o da sobrevivência.


Meu Querido Filho

[Tunísia, Bélgica, França e Catar, 2018], de Mohamed Ben Attia. Com Mohamed Dhri.

Prestes a se aposentar, Riadh e sua mulher vivem em torno do único filho, Sami, que, prestes a concluir o ensino médio, tem crises de enxaqueca frequentes. Quando tudo parece estar melhor, Sami desaparece e Riadh parte em seu encalço.


A Nossa Espera

[Bélgica e França, 2018], de Guillaume Senez. Com Romain Duris, Basile Grunberger e Lena Girard Voss.

Quando sua esposa deixa a família para trás, Olivier precisa balancear vida profissional, vida doméstica e as necessidades de seus filhos de 9 e 6 anos. Ao lado deles, a família tenta se encontrar o equilíbrio enquanto espera pela volta de Laura.


Lizzie

[EUA, 2018], de Craig William Macneill. Com Chloë Sevigny, Kristen Stewart e Fiona Shaw.

Lizzie Borden é mantida sob rígido controle de seu pai. Quando conhece a criada Bridget, descobre uma intimidade inquietante que vai culminar no trágico assassinato da família Borden, ocorrido nos EUA, em 1892.


Yomeddine – Em Busca de um Lar

[Egito, Áustria e EUA, 2018], de A. B. Shawky. Com Rady Gamal, Ahmed Abdelhafiz e Shahira Fahmy.

Beshay é um coletor de lixo que decide sair do confinamento de uma colônia de leprosos pela primeira vez e embarca em uma jornada ao Egito para procurar sua família. Ele viaja com seu burro e seu aprendiz órfão ao longo do Nilo e, pela primeira vez, fica cara a cara com a maldição de ser um estranho.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo