O Retorno de Mary Poppins: sequência animada levou um ano para ser concluída; entenda

Por Gregory Wakeman - Metro Internacional

ATENÇÃO: ESTE TEXTO CONTÉM SPOILER DO FILME "O RETORNO DE MARY POPPINS"

"O Retorno de Mary Poppins" é uma experiência realmente mágica. Mas, ao mesmo tempo em que Emily Blunt e companhia cantando e dançando são encantadores, existe uma sequência no filme em particular que combina nostalgia e fantasia perfeitamente.

A cena em questão mostra a babá Mary Poppins (Emily Blunt), o acendedor de lampiões Jack (Lin-Manuel Miranda), e as crianças Banks – Annabel (Pixie Davies), John (Nathanael Saleh) e Georgie (Joel Dawson) – sendo transportados para o desenho da antiga tigela de porcelana da mãe dos pequenos.

Leia mais:
Estreias da semana: Babá perfeita volta a encantar em ‘O Retorno de Mary Poppins’
‘Você pode lembrar como é ser criança’, diz ator de O Retorno de Mary Poppins

Durante uma disputa, as crianças acabam quebrando a tigela. Para consertá-la, o quinteto precisa embarcar em uma aventura mágica dentro do objeto. Uma vez lá dentro, eles ajudam a arrumar uma carruagem, Mary e Jack se apresentam no palco do Royal Doulton Musical Hall, enquanto John e Annabel correm para salvar um Georgie sequestrado por lobos.

O diretor Rob Marshall sabia que era fundamental ter uma cena com animação no filme, considerando o quanto isso é icônico no longa original. E foi justamente nessa sequência que ele viu a oportunidade perfeita para isso. Só que quando se trata de animar as cenas dentro da tigela, Marshall também sabia que tudo precisaria ser desenhado à mão, em 2D, mesmo que esse seja um recurso raramente usado no cinema moderno.

“Tivemos que fazer isso desse jeito”, explicou Marshall ao Metro US. “A Disney entendeu, eu disse a eles que isso estava no DNA do filme e precisava estar lá”.

Tanto Marshall quanto a própria Disney estavam tão decididos a usar a animação em 2D que logo aceitaram o fato de que isso dobraria o orçamento de animação. “Isso aumentou o nosso período de pós-produção, uma vez que precisaríamos de mais tempo para dar certo. Foi mais de um ano trabalhando na finalização, justamente por conta disso ”.

"O Retorno de Mary Poppins" está em cartaz nos cinemas. Assista ao trailer:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo