As fotos que demonstram o desespero de Lady Di diante dos paparazzi

Por Wellington Botelho

Era 31 de agosto de 1997 quando princesa Diana morreu tragicamente, aos 36 anos, em consequência de ferimentos sofridos em um acidente de carro.

O carro em que estava foi perseguido por vários fotógrafos quando o motorista, em uma tentativa de evitá-los, perdeu o controle e depois colidiu.

Em uma estranha coincidência, Diana ganhou uma ordem judicial contra o fotógrafo Martin Stenning, quase um ano antes de ele morrer no acidente.

View this post on Instagram

Gorgeous 💕

A post shared by Princess Diana’s Fanpage (@princess_diana_remember) on

Em um comunicado, Diana afirmou que as ações dos paparazzi como Stenning "tinham a intenção de prejudicá-la".

Stenning insistiu que não era assim, mas o tribunal ficou do lado de Diana e colocou uma ordem restritiva de 300 metros.

Ninguém pode dizer se o acidente foi devido aos fotógrafos, de acordo com os relatórios. Mas o fato é que é um trabalho intrusivo que coloca em risco a vida de muitas celebridades e dos próprios paparazzi.

View this post on Instagram

#repost William says: ''If you are the Princess of Wales and you're a mother, I don't believe being chased by 30 guys on motorbikes who block your path, who spit at you to get a reaction from you… and make a woman cry in public to get a photograph, I don't believe that is appropriate. 'I sadly remember most of the time she ever cried about anything was to do with press intrusion. Harry and I, we had to live through that.'' 🌹💔 . . . . . #ladydiana #ladydianaspencer #dianaspencer #princessdiana #dianaprincessofwales #englandsrose #peoplesprincess #royalfamily #royal #britishroyalfamily #british #katemiddleton #duchessofcambridge #duchessofsussex #dukeofcambridge #princeharry #meghanmarkle #queenelizabeth #uk #unitedkingdom

A post shared by @ dianaicons on

LEIA TAMBÉM:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo