The 1975 busca seu exorcismo musical em A Brief Inquiry Into Online Relationships

Por Gabriela Acosta Silva – Metro Internacional
The 1975

Com apenas seis anos de carreira, a banda The 1975 já passou por várias etapas.

Formada por Matthew Healy (voz e guitarra), Adam Hann (guitarra), George Daniel (bateria) e Ross MacDonald (baixo), o grupo atingiu a fama de maneira rápida e, com ela, vieram os excessos, cantados em “A Brief Inquiry Into Online Relationships”, o terceiro disco do quarteto de Manchester.

O vocalista, no entanto, confessa ter tido coragem de enfrentar os erros a tempo. “Lançamos cinco singles em torno do tema ‘dê uma chance a você mesmo’. Passei por um processo de desintoxicação para limpar minha mente e descartar o que me fazia mal. Claro que minhas experiências estão presentes nas canções. Não tento negar meus problemas, mas resolvê-los, e a música é muito útil para isso”, diz Healy.

Leia mais:
Toquinho faz show de Natal gratuito em São Caetano nesta semana
Youtuber Christian Figueiredo e participante do De Férias com o Ex esperam primeiro filho

“A Brief Inquiry Into Online Relationships” apresenta 15 faixas, como “TooTimeTooTimeTooTime”, “Sincerity Is Scary” e “I Always Wanna Die”, que revelam o momento em que os integrantes da banda se encontram.

“Não há grandes bandas fazendo algo tão interessante quanto nós. Somos audazes, levantamos a voz e buscamos nosso próprio espaço”, afirma o vocalista, que virá com o 1975 para o Lollapalooza Brasil no ano que vem.

Para ele, o novo disco resume o que é ser jovem hoje, em um meio “triste, confuso e cheio de ansiedade”.

“O que se escreve on-line são como descargas emocionais, como um exorcismo exterior. Expor-se nesse grau pode converter alguém em covarde ou valente”, diz.

The 1975 Quarteto de Manchester lança seu terceiro álbum / Divulgação
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo