MC Tha lança EP que prova que funkeiras podem ser boas cantoras

Por Bruno Bucis - Metro Brasília

Como uma boa funkeira, a paulista MC Tha canta sobre “descer até o chão” e ser parte do “bonde das bandidas”. Duas coisas do trabalho dela, porém, fazem com que MC Tha se diferencie da maioria: sua atenção a diferentes influências sonoras, do rap dos EUA à MPB nacional; e seu talento vocal.

Leia mais:
‘Quero ter um império’, diz J Balvin, único cantor latino entre os 5 mais ouvidos do Spotify
Filme revela lado sombrio de Mogli

MC Tha é a prova para se apresentar aos que tem preconceito contra o funk de que é possível cantar bem e curtir o ritmo dançante. E a prova de que MC Tha é essa figura é o EP “Versões”, que ela acaba de lançar independentemente em serviços de streaming.

O álbum curto reúne quatro músicas lançadas anteriormente por ela e que ganharam agora versão acústica. Acompanhada apenas do violão de Pedrowl, a delicadeza da voz de MC Tha fica evidente em cada uma das faixas. Em “Pra Você”, produzida por Jaloo, a versão acústica chega a ser melhor que a original.

Jaloo, inclusive, tem grande influência na realização do EP “Versões”, que é filho indireto da sonoridade “Céu azul”, single que ele lançou com a parceria de MC Tha há alguns meses. Em “Versões”, Jaloo participa diretamente da composição de “Bonde da pantera”, ao lado de Omulu. A faixa, que era a melhor música de MC Tha na versão dançante, e segue sendo-o em versão acústica.

“‘Versões’ é o EP que encerra um ciclo e prepara o terreiro para novas chegadas. Celebra os quatro singles já lançados, essenciais e certeiros”, prometeu a cantora em seu Instagram.

Completam o EP “Versões” as faixas “Olha quem chegou” e “Valente”, ambas também com alta qualidade. Ouvir o EP dura 10 minutos. Dificilmente você se arrependerá.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo