Ana Furtado comemora 3 meses sem quimioterapia: 'Gratidão'

Por Estadão Conteúdo

Ana Furtado ainda segue o tratamento contra um câncer de mama por meio de radioterapia. No entanto, a apresentadora da TV Globo sentiu o desejo de comemorar uma data importante: há três meses, concluiu as sessões mais intensas de quimioterapia.

"Gratidão por ter chegado até aqui. Gratidão por ter o amor e o apoio da minha família. Gratidão por ter minha vida nas minhas mãos: eu posso, eu quero, eu consigo", disse.

Leia também:
Confira quem é a participante brasileira do Miss Universo 2018

Nesta quarta-feira, 5, em seu perfil oficial no Instagram, Ana Furtado divulgou um vídeo no qual mostra disposição para seguir o tratamento, agora, com radioterapia. "Um, eu posso. Dois, vou conseguir. Três, claro que consigo. Quatro, vamos nessa…", afirma a apresentadora, enquanto realiza exercícios de flexão.

Ana Furtado aparece bem disposta e motivada enquanto pratica os exercícios físicos. "Superação diária para enfrentar todos os desafios. Tenham força e coragem. Fé em Deus e em você! Sem esquecer que tudo passa. Fica o aprendizado, o crescimento e o fortalecimento do corpo, mente e espírito. Celebre seu dia", concluiu a apresentadora.

View this post on Instagram

Hoje completo 3 meses sem quimio 🙌🏻 Gratidão por ter chegado até aqui. Gratidão por ter o amor e o apoio da minha família. Gratidão por ter a minha vida nas minhas mãos: eu posso, eu quero, eu consigo. Gratidão a todos os médicos, enfermeiras e técnicos da saúde que estiveram e estão comigo nessa jornada. Gratidão a Deus 🙏🏻 Entrego a minha vida diariamente nas mãos Dele. Gratidão por tanto carinho que eu recebo de vocês. Superação diária para enfrentar todos os desafios. Tenham força e coragem. Fé em Deus e em você!!! Sem esquecer que tudo passa. Fica o aprendizado, o crescimento e o fortalecimento do corpo, mente e espírito. Celebre o seu dia. Que ele seja cheio de luz ✨🌟💫

A post shared by Ana Furtado (@aanafurtado) on

Atividade física

Um estudo inédito do Ministério da Saúde, divulgado em outubro, revela que uma em cada dez mortes de mulheres com câncer de mama poderia ser evitada pela prática regular de atividade física. De acordo com os pesquisadores, o tempo indicado seria 150 minutos por semana.

O levantamento concluiu que 2.075 mortes poderiam não ocorrer se as pacientes realizassem ao menos uma caminhada de 30 minutos por dia, cinco vezes por semana.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo