Clássico dos anos 90, Spyro está de volta

Por Metro Rio
spyro reign trilogy

O dragão roxo Spyro nunca chegou a dar à desenvolvedora Insomniac Games a mesma glória comercial experimentada pelas concorrentes, Sega e Nintendo, com os personagens Sonic e Super Mario, respectivamente. Mas o carismático mascote é frequentemente lembrado pela trilogia que, há 20 anos, o alçou ao rápido – mas breve – sucesso entre os jogadores de Playstation 1.

Leia mais:
Taylor Swift lidera lista de álbuns mais ouvidos em 2018 da Billboard
Livro de Michelle Obama vira best-seller: ‘não tenho intenção de concorrer’

Vinte anos depois, na esteira da onda nostálgica que tem dado nova vida a clássicos dos anos 90, a Toys for Bob decidiu ressuscitar o dragãozinho mal-humorado em “Spyro Reignited Trilogy”.

O lançamento, que traz os três games da trilogia, vai além de ser uma simples releitura. Os gráficos foram remasterizados aos mínimos detalhes, a jogabilidade foi modernizada e as aventuras ficaram ainda mais instigantes.

No entanto, a essência do título foi mantida intacta. O salto ao século 21 trouxe visuais mais realistas e um vasto universo que promete permitir mais de 20 horas de jogo, divididos entre “Spyro the Dragon” e “Spyro 2 Ripto’s Rage!” e “Spyro Year of the Dragon”.

Ao mesmo tempo, a interatividade que se transformou na marca registrada do título não fica no passado. Os inimigos divertidos  são resgatados, os enigmas mirabolantes continuam a desafiar os jogadores e a história, embora um tanto quanto infantil, ainda é estimulante. Ao todo, são mais de 100 estágios e 400 inimigos.

O apelo à nostalgia é tão evidente que até as localizações dos elementos principais são mantidas iguais às dos originais. Os itens a serem coletados também não mudaram de lugar.

spyro Divulgação

Nostálgico, mas moderno

Mas há também algumas importantes adições, que  não deixam de ser bem-vindas. Totalmente dublado ao português, o game passa a ter um manual que ajuda os exploradores com dicas de como avançar pelo mundo mágico.

Habilidades como nadar, que podem facilitar um pouco a vida do jogador, são elementos a serem conquistados, o que acrescenta uma camada de dificuldade a um jogo aparentemente simples.

Com sistema visual mais bem apurado, até as expressões faciais dos personagens principais foram melhor desenvolvidas. Spyro se tornou mais carismático, ainda que o caráter ranzinza permaneça.

Dessa forma, “Spyro Reignited Trilogy” não parece ter sido construído para uma  audiência acostumada com jogos realistas, que ostentam storytellings tão interessantes quanto as principais produções de Hollywood.

Isso não significa, contudo, que esse será um jogo  confinado à nostalgia dos jogadores mais velhos. Ao criar gráficos modernos e apurados, a Toys for Boys desenvolveu uma experiência que não mais se encontra em outros títulos. É a oportunidade de conhecer um tipo de game que ficou no passado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo