UFO Summit Brazil 2018: Erich von Däniken e Giorgio Tsoukalos se reúnem em São Paulo

Por Carlos Minuano – Metro São Paulo

Pela primeira vez juntos no Brasil, dois ícones do universo ufólogo, Erich von Däniken e Giorgio Tsoukalos, se reúnem hoje em São Paulo no UFO Summit Brazil 2018; no evento, pesquisadores apresentam outra versão sobre o passado da Terra e da humanidade, cheia de intervenções alienígenas.

Erich von Däniken

De ETs no Xingu às múmias peruanas, Erich von Däniken, 83, falou com exclusividade ao Metro Jornal sobre assuntos que já renderam 41 livros (entre eles o clássico, “Eram os Deuses Astronautas?”) ao escritor e arqueólogo suíço.

O que você acredita ser o objeto Oumuamua, descoberto por astrônomos havaianos em 2017?
Definitivamente é uma nave. Mas para alguns pesquisadores falta coragem de afirmar isso, apesar do artigo publicado no início de novembro por cientistas do Centro de Astrofísica de Harvard, no qual defendem que o objeto interestelar teria sido enviado por alienígenas. Uma das provas de que é um objeto extraterrestre é ele ter acelerado quando saiu do Sistema Solar, como isso é possível? Alguém fez isso acontecer.

Por que seria um problema para cientistas admitirem isso?
Em setembro de 1953, a CIA decidiu que casos ufológicos, relatos, testemunhos e pesquisadores deveriam ser ridicularizados. E todos querem ser vistos como sérios, cientistas e jornalistas. Qualquer um hoje que fale algo pro-UFO (Unidentified Flying Object ou objetos voadores não identificados, em português) corre o risco de ser desacreditado.

E a sonda InSight, que tipo de vida deve encontrar em Marte?
Espero que descubra alguma forma de vida, ainda que primitiva, microbiana.

Sabe de alguma interferência alienígena no Brasil?
Há uma sub-etnia dos índios caiapó chamada xikrin do Alto Xingu que conviveu com extraterrestres. Eles fazem uma festa anual para lembrar e celebrar essa visita ocorrida no passado, quando uma nave pousou na aldeia. Um dos alienígenas, que ficou conhecido como Bep-kororoti, tomava banho pelado na cachoeira, e os indígenas achavam isso uma ofensa às suas mulheres. Mas eles eram repelidos pelo ET, que tinha uma espécie de clava que emitia um raio. Estive nessa aldeia e gravei o ritual para o documentário baseado no meu livro “Eram os Deuses Astronautas?”.

No momento está ocupado com alguma investigação específica?
Estive pesquisando sobre as múmias descobertas no Peru que se acredita que sejam de extraterrestres. Este caso é o grande assunto do momento e foi tema de meu último livro. Gerou polêmica porque alguns cientistas dizem que elas são esquisitas, mas ainda assim de humanos, outros, baseados em teste de DNA e todo tipo de análise, garantem que seja lá o que forem, não são deste planeta.

erich von Däniken Erich von Däniken / Divulgação

Giorgio Tsoukalos

O conhecido apresentador e investigador de ETs do programa ‘Alienígenas do Passado’ (canal History), o suíço de origem grega Giorgio Tsoukalos, 40, também conversou com o Metro Jornal sobre UFOs e outros fenômenos .

Você acredita que a sonda InSight encontrará vida em Marte?
Sim, claro! E a razão pela qual outras missões não descobriram nada ainda é que tinham outro tipo de instrumentação a bordo das naves. E, quando forem descobertos traços de vida, espero que a Nasa divulgue isso.

Se ET’s estiveram aqui no passado, por que andam sumidos hoje?
Eu não diria que não estão mais entre nós, temos muitos fenômenos acontecendo, muitas pessoas afirmando que foram abduzidas, e que alguma experimentação aconteceu por parte desses extraterrestres. Por causa disso, tenho impressão de que há um processo de monitoramento da raça humana em curso que já dura muito tempo.

Você destaca algum fenômeno recente que acredite comprovar a presença de alienígenas no planeta?
Eu sei que cerca de 95% das observações de UFOs são explicáveis como fenômenos normais, naturais mal interpretados, mas restam 5% dos avistamentos para os quais não existem explicação. Em dezembro de 2017, o jornal The New York Times revelou descobertas feitas pelo Pentágono, que admitiu manter um programa de investigação durante cinco anos, que teve um orçamento de US$ 22 milhões de dólares.

E essa investigação ainda acontece?
O Pentágono informou que encerrou o programa, mas nenhum ufólogo acredita nisso. Até o cara que estava à frente dessa investigação afirmou para a imprensa acreditar que todos os governos pesquisam e observam a movimentação de UFOs porque é um assunto de segurança.

E qual a sua opinião sobre o Oumuamua?
Essa revelação do Pentágono e o caso do Oumuamua (que significa “mensageiro que vem de longe”, em havaiano), são as duas histórias mais importantes dos últimos 10 anos, é a primeira vez que se descobre um artefato que veio de fora do sistema solar.Nunca ouve isso antes. Pode ser uma nave pilotada remotamente ou até com tripulantes.

Você já teve algum contato com ETs?
Que eu saiba não, mas já vi objetos voadores não identificados com um grupo de 30 pessoas. Se estivesse sozinho nem contaria. Foi de arrepiar.

Giorgio Tsoukalos Giorgio Tsoukalos / Divulgação
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo