Companhia de dança criada por Pina Bausch olha para a Turquia em ‘Nefés’

Por Metro Jornal

Famosa por desenvolver uma dança-teatro fortemente poética e humana, a alemã Pina Bausch (1940-2009) transformou a forma de se fazer e se perceber as artes performáticas no século 20.

Leia mais:
As Viúvas traz mulheres que assumem atividade criminosa dos maridos mortos
Santa Casa faz exame gratuito de câncer de pele; veja se você está no grupo de risco

Esse legado segue vivo com sua companhia, a Wuppertal Tanztheater, que, continua a encenar o vasto repertório desenvolvido pela coreógrafa nos quase 40 anos em que ela esteve à frente do conjunto.

Uma das obras dessa seara é “Nefés” (2003), criada em uma época na qual Pina buscava inspiração nos países que costumava visitar em suas turnês – no caso, as ideias partiram das cores, cheiros e tradições de uma Turquia milenar.

Ao se debruçar sobre outras culturas, Pina extrai delas o que lhes é universal, convidando o público a olhar para si mesmo a partir do outro, e isso é o que torna suas obras tão especiais.

Inédita no Brasil, “Nefés” encerra a 15ª Temporada de Dança do Teatro Alfa com sessões que vão desta quinta-feira (29) a domingo – até a quarta restavam poucos ingressos para as apresentações.


Serviço
No Teatro Alfa (r. Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro, tel.: 5693-4000). Qui., às 21h; Sex., às 21h30; sáb., às 20h; dom., às 18h. De R$ 75 a R$ 225.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo