Novo livro de George R.R. Martin narra episódio antes da guerra dos tronos

Por Metro Jornal
fogo & Sangue – volume 1 george r.r. martin

Fãs da saga literária “As Crônicas de Gelo e Fogo” se tornaram experts em criar memes sobre a demora de George R.R. Martin em dar seguimento à história que inspirou “Game of Thrones” – tanto que a trama da TV ultrapassou os fatos relatados nos livros e chega ao fim já em abril de 2019.

Aos 70 anos, o escritor parece não ter pressa para concluir a história no papel. A publicação mais recente saiu em 2011, e há ainda mais dois lançamentos sem data prevista.

Apesar disso, Martin encontra tempo para projetos paralelos em torno do universo expandido da trama de fantasia épica que lhe deu fama.

O mais recente deles é o primeiro volume de “Fogo & Sangue”, lançado mundialmente na semana passada. A obra é uma “prequel” de “As Crônicas de Gelo e Fogo” e narra episódios que levaram a ascensão e queda da casa Targaryen à frente de Westeros.

Leia mais:
Vikings: Filho de Ragnar pode ser novo aliado de Rollo na 5ª temporada
Morre, aos 90 anos, o cineasta inglês Nicolas Roeg

fogo & Sangue – volume 1 george r.r. martin Ilustração de Doug Wheatley retrata a Batalha do Lago / Divulgação

Nessa nova saga, Martin assume a persona do arquimeistre Gyldayn, da Citadela de Vilavelha, para contar histórias sobre os 17 reis que comandaram o continente nos três séculos em que a família permaneceu no poder, desde Aegon 1º, o Conquistador – responsável pela criação do Trono de Ferro –, até Aerys 2º, pai de Daenerys, que foi destituído do poder com a Rebelião de Robert Baratheon.

“Fogo & Sangue” explora o fascínio gerado em torno dessa dinastia, composta por descendentes de sangue valiriano, de cabelos platinados e olhos cor de violeta, e senhores de dragões que costumam casar entre si para garantir a pureza da família.

O domínio dos seres que cospem fogo foi o grande responsável por alçar os Targaryen ao poder, em uma época que viu definhar os senhores de dragões de outras casas.

Este primeiro volume apresenta pouco menos da metade inicial do reinado da família, chegando até Aegon 3º, o Azarado, que tem sua regência marcada pela suposta extinção dos dragões.

A seu modo, Martin capricha nos detalhes ao descrever linhagens familiares complexas, lutas por territórios e saborosas intrigas entre as famílias nobres dos Sete Reinos, tudo emoldurado por 80 ilustrações de Doug Wheatley.

O problema é que quem já lia a saga principal vai precisar exercitar duplamente a paciência: não há qualquer previsão para o lançamento do segundo volume de “Fogo & Sangue”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo