Em Infiltrado na Klan, Spike Lee reconta história de policial negro que investigou KKK

Por Metro Internacional

John David Washington não chegou a ser formalmente convidado para viver o detetive Ron Stallworth em “Infiltrado na Klan”, que estreia nesta quinta-feira (22).

Leia mais:
Lollapalooza Brasil: festival terá Kendrick Lamar, Arctic Monkeys e Sam Smith; confira line-up completo
‘Não vou sair do Brasil’, afirma Pabllo Vittar em entrevista

Spike Lee, que dirigiu o pai do ator, Denzel Washington, em outros quatro filmes, disse a ele apenas: “Vejo você neste verão”. “Foi assim que consegui o trabalho”, lembra o ator de 34 anos.

Mais conhecido por seu papel na série “Ballers”, Washington nunca recusaria tal oportunidade. O longa conta a história de como um policial afroamericano se infiltrou na Ku Klux Klan, nos anos 1970, falando com integrantes do grupo supremacista ao telefone e enviando um agente branco disfarçado, em seu lugar, aos encontros presenciais.

“O filme não poderia estar em mãos melhores. Acho que eu não faria parte dele se não estivesse com esses caras. Acho que eles são os únicos que podem lidar com esse tema de forma responsável, porque ele poderia descarrilar facilmente. Eles são grandes contadores de história”, afirma o ator, referindo-se ao diretor Spike Lee e ao produtor Jordan Peele.

Washington afirma ter adorado o roteiro, escrito a oito mãos, devido ao fato de ele “não tentar manipular a história”. “Eles não tentaram acrescentar coisas que a transformariam em uma experiência mais cinematográfica. Essa é uma história real, amparada por fatos e por pessoas que ainda estão vivas, então nossa base era essa. Como artista, às vezes isso é ainda mais difícil”, afirma.

O ator ainda diz se sentir um felizardo pela experiência inclusiva proporcionada por Lee no set de filmagens. “Spike disse para eu confiar em mim mesmo. Quando um herói diz algo assim, você cumpre. Essa foi a experiência mais libertadora que já tive e a interpretação mais desenrolada que já entreguei”, conclui.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo