Meghan Markle e Harry já planejam a criação dos filhos e não prometem seguir os protocolos convencionais

Por Victória Bravo

Em 15 de outubro, após cinco meses de casamento, os duques de Sussex anunciaram sua primeira gravidez. Na ocasião, Meghan estava grávida de 12 semanas e revelou que o nascimento do bebê está previsto para abril de 2019.

Apesar de ainda ter tempo para tomar decisões sobre o novo membro da família real, o jornalista especialista em assuntos reais, Omid Scobie, disse à Us Weekly que Meghan e Harry já planejam “educar as crianças para conhecer os valores das coisas normais da vida”.

Ele mencionou que “Meghan andará com seus filhos de metrô. E eles terão tarefas e trabalhos algum dia”.

O casal ainda planejaria criar os pequenos do seu jeito e fora de Londres, provavelmente em Cotswolds, uma região britânica com montanhas onde possuem uma casa.

Ter uma vida mais “normal” será algo mais fácil para os filhos dos duques, já que eles dificilmente levarão o titulo de príncipe ou princesa.

Isso acontece porque os herdeiros de Harry e Meghan estarão “longe” da rainha Elizabeth para ter o título de Alteza Real. Mas é importante frisar que a monarca poderia intervir e mudar isso quando quisesse.

Os filhos estarão logo atrás de Harry na ordem de sucessão, ou seja, o bebê que está por vir seria o sétimo na fila ao trono. Desta forma, é provável que seu título seja Lord ou Lady Mountbatten-Windsor.

Enquanto isso, os duques de Cambridge já educam três filhos menores de cinco anos: George, Charlotte e Louis.

Kate Middleton conta com a ajuda da babá espanhola María Teresa Turrión, mas já mencionou em diversas ocasiões que passa bastante tempo com os pequenos e se preocupa muito em transmitir educação e valores – especialmente a importância do amor e do carinho.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo