MasterChef Profissionais: Fico triste de cozinhar bichos, lamenta Adriana

Por band.com.br

Adepta do veganismo, a mineira Adriana Avelar lamentou ter participado da prova de eliminação em que teve de preparar cinco proteínas diferentes: bife de chorizo, cauda de lagosta, magret de pato, carré de cordeiro e filé de salmão.

"Eu fiquei muito triste. Eu fico triste de cozinhar bichos, mas é como eu disse para os chefs: 'Eu sei cozinhar. Eu vim preparada psicologicamente para cozinhar carne'. Mas eu não estava confiante de que eu conseguiria subir para o mezanino", afirmou a professora de gastronomia em entrevista ao Portal da Band.

Leia mais:
Sou uma capitã bem calma, afirma Heaven
Entusiasmo de Roberta vai deixar saudade na galera do Twitter

"Eu estava disputando com três pessoas que manjam pra caramba de cozinha. Então, eu não estava confiante de que iria vencer. O que mais me preocupava era o bife de chorizo. Muito alto, muito grande e eu nunca tinha trabalho com essa carne. Eu não sabia nem quanto tempo ficava e também não tinha o relógio para se guiar", completou.

Na segunda etapa, Adriana conseguiu reproduzir o prato coreano trazido pelo chef de cozinha Paulo Shin, apesar de nunca ter comido ou trabalhado com comida coreana. "A sorte é que pelo menos dessa vez a gente pode experimentar o prato. Experimentando é diferente, a gente consegue sentir os sabores", disse.

"A principal dificuldade é que era um prato com muita complexidade de sabores. Eu não tenho essas habilidades de sentir tudo no paladar e conseguir reproduzir. O resultado estava parecido com o do chef, só que nem chegava aos pés da complexidade de sabores que tinha ali. Digamos assim, foi uma cópia malfeita", finalizou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo