Emílio Surita tenta reverter demissão de Amanda Ramalho, mas ela diz que não volta ao Pânico

Por Metro Jornal

O episódio da discussão entre Amanda Ramalho e Biel, que culminou com o pedido de demissão da integrante do "Pânico", rendeu novos capítulos nesta quinta-feira (25/10).

Leia mais:
Integrante do ‘Pânico’ pede demissão após briga ao vivo em rádio com Biel

Segundo o site Notícias da TV, Emílio Surita, líder do programa de rádio, vetou a demissão da radialista. Segundo informações do site, ele não aceitou o pedido dela e a autorizou a tirar licença médica para tratar a depressão.

O departamento de Recursos Humanos da Jovem Pan não teria recebido o pedido de demissão formal ainda e ela continua contratada. Emílio foi o responsável por descobrir a garota, que era ouvinte do programa e começou a trabalhar na rádio quando tinha apenas 17 anos.

Mesmo assim, Amanda voltou a se pronunciar no Twitter. "Peço publicamente que a produtora do Pânico não dê entrevistas falando que eu tenho ou não depressão. Isso é um assunto meu. E vocês viram que Emílio não me demitiu porque o desrespeitei como vocês estavam afirmando".

Ela também reiterou que não trabalhará mais no programa. "No mais, eu não volto. Não pelo Biel, nem nada. Não volto porque já não faz mais nenhum sentido pra mim trabalhar lá. Eu já havia decidido isso antes para o ano que vem. Isso s fez antecipar minha decisão", ela disse.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo