Nova temporada de The Walking Dead inicia adeus a Rick Grimes

Por Metro Jornal

Ao longo de oito temporadas, Rick Grimes se estrupiou, enfrentou vilões e viu sua família se esfacelar na distopia zumbi de “The Walking Dead”. Com tantas emoções já vividas, chega a hora de ele dar adeus.

Leia mais:
Mostra gratuita em SP apresenta visões poéticas de ícones da cultura afro-brasileira
Ex-magnata do rap é sentenciado a 28 anos de prisão por homicídio

A nona temporada da série inspirada nos quadrinhos de Robert Kirkman estreia neste domingo, às 22h30, no canal pago Fox, preparando terreno para a despedida do querido personagem vivido por Andrew Lincoln.

O anúncio foi feito de forma emocionada pelo próprio ator na última Comic Con de San Diego, em julho. Também pudera: Rick é considerado por muitos fãs o coração de “The Walking Dead”, e é em torno de seus passos que a trama dos demais personagens também orbita.

Nos últimos anos, no entanto, a série tem sido acusada de se repetir, o que tem se refletido na audiência em queda. Se, na estreia, a produção somava 17 milhões de espectadores nos EUA, na última temporada esse número caiu para aproximadamente 7 milhões.

A saída de Rick, portanto, pode ser um passo para oxigenar a trama e oferecer novos caminhos narrativos que possam reavivar o interesse do público.

O certo é que muita gente que havia abandonado a série deve voltar a ela agora para saber como será o fim do protagonista – Kirkman já prometeu um destino especial para o personagem.

Os novos episódios iniciam um ano e meio após o fim de uma guerra que derrotou o sádico Negan (Jeffrey Dean Morgan). Rick, porém, é confrontado pela decisão de ter poupado a vida do rival.

As comunidades de Alexandria, Hilltop, Reino e Oceanside tentam se reerguer em aparente paz, mas, além dos zumbis, elas vão enfrentar dificuldades de ordem logística e política para conseguirem prosperar.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo