MasterChef Profissionais: Não cozinhamos para o público, lamenta Willian

Por Band.com.br

89 a 1. Esse foi o placar para a equipe vermelha no desafio desta semana do "MasterChef Profissionais", realizado na fábrica de chocolates da Cacau Show. A derrota do time azul, quase unânime, foi analisada pelo capitão Willian Peters. Em entrevista ao Portal da Band, ele revelou acreditar que o grupo errou na estratégia utilizada.

"A gente pensou em coisas que eram muito mais trabalhosas do que realmente deveriam ser. Porém, o mais errado de tudo foi que a gente cozinhou para nós e não para quem realmente ia provar a comida. Estávamos num clima gostoso, gostamos do que estávamos fazendo, só que a gente não pensou em quem ia servir", afirmou o gaúcho.

Leia mais:
MasterChef Profissionais: Botar a culpa no outro é mais fácil, minimiza Rafael
MasterChef Profissionais: ‘Foi má índole’, diz Willian sobre Daniel esconder chocolate

"Então, acho que foi isso que deu errado: o conflito entre o nosso interesse – porque a gente é um pouco louco da cabeça, gosta de bacon com chocolate, curry com chocolate branco – e não ser compreendido pelo público. A gente não cozinhou para o público, a gente cozinhou para a gente e foi isso que deu realmente errado", completou.

Questionado sobre as acusações de que a outra equipe teria escondido chocolate, Willian evitou apontar culpados. "Eu não sei 100% o que aconteceu. O que chegou no meu ouvido, depois de tudo inclusive, foi que foi escondido chocolate. Até agora, a gente conversou e aparentemente não foi o caso", explicou.

"A gente estava terminando os bombons e aí a gente ficou sem chocolate, porque desapareceu chocolate. Aí, quando vimos, o chocolate estava em um bowl na prateleira da equipe contrária. Como foi parar ali, eu não sei, não posso dizer. Mas ele foi encontrado lá e, graças a Deus, a gente conseguiu finalizar", disse.

Apesar do baixo desempenho do time, o chocolatier Alê Costa elogiou a temperagem dos bombons. "O pessoal trabalhou direitinho. A Adriana [Avelar] e o Thales [Alves] fizeram um ótimo trabalho. O recheio da Adriana era de chocolate branco com curry e creme de leite de castanhas. Então, casava muito bem essa informação. E o recheio do Thales era um caramelo salgado. Eram dois sabores que a gente sabia que realmente eram bons", afirmou.

Já na prova de eliminação, Willian teve de punir dois integrantes de sua equipe com menos tempo e explicou o porquê. "Eu me escolhi porque, sendo capitão, eu tinha maior responsabilidade em relação ao que a gente estava servindo. Eu era a pessoa que deveria dizer sim ou não para as coisas e eu acabei aceitando a loucura que a gente teve. Por isso, 15 minutos a menos para mim era mais que justo", explicou.

"E eu escolhi o André [Pionteke] por causa do feedback dos chefs, porque ele acabou fazendo o salame de chocolate e foi o que os jurados mais reclamaram – apesar de terem reclamado de quase todas as outras coisas. Como não estava legal de comer, eu resolvi tirar 15 minutos dele também", finalizou. Apesar da punição, ambos conseguiram ter um desempenho satisfatório na prova de eliminação.

Veja o momento em que o time vencedor da prova é anunciado:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo