Cantor Lô Borges celebra discos clássicos em show neste fim de semana

Por Metro São Paulo com Metro Brasília

Em abril, o Arctic Monkeys lançou um novo disco elogiadíssimo pela crítica. Na hora de apontar as influências do álbum, Alex Turner incluiu “Aos barões”, canção de Lô Borges presente em seu renomado disco solo, homônimo, mas conhecido como “disco do tênis”.

Leia mais:
Nova temporada de The Walking Dead inicia adeus a Rick Grimes
Filmes na TV: Click, Chatô – O Rei do Brasil e outros destaques desta sexta

“É impressionante que algo que eu tenha feito em 1972 ainda cause esse impacto”, disse o músico mineiro à época.

Essa força é comparável à do álbum “Clube da Esquina”, assinado também por ele, em 1972, ao lado de Milton Nascimento e que catapultou uma cena musical mineira até então desconhecida.

Lô Borges reúne agora faixas desses dois trabalhos antológicos no disco “Tênis + Clube – Ao Vivo no Circo Voador”, gravado em março, no Rio, e que ganha show de lançamento, neste fim de semana, no Sesc Pinheiros.

O setlist é composto por 24 canções, todas de sua autoria – como “O Caçador”, “Faça seu jogo” e “Não Foi Nada” –, que exaltam a mistura de rock, MPB e jazz que transformou os dois trabalhos em referência.

No palco, o artista é acompanhado por uma banda composta por Pablo Castro, Gui de Marco, Paulim Sartori, D’Artagnan Oliveira, Dan Oliveira e Alê Fonseca.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo