Evento gratuito em SP discute ecos do conflito entre esquerda e direita ocorrido em 1968

Por Metro Jornal

Se você acha que estamos vivendo hoje o ápice da polarização política já vista no Brasil, é bom dar uma olhada na História e lembrar do que aconteceu há exatos 50 anos na rua Maria Antônia, na região central de São Paulo.

A via que atualmente é tomada por estudantes em clima de happy hour foi palco de uma explosiva batalha entre alunos da Faculdade de Filosofia da USP, de tendência de esquerda, e discentes da Mackenzie, apoiados por militantes do grupo de extrema direita intitulado Comando de Caça aos Comunistas (CCC).

Leia mais:
Museu Nacional deve ser reaberto em 3 anos
Paul McCartney diz que precisa reaprender letras dos Beatles antes de cada show

Os episódios vividos ali, que resultaram na morte de um secundarista, serviram de pretexto para o recrudescimento do regime militar com a promulgação, dois meses depois, do Ato Institucional nº 5, estabelecendo um Estado abertamente de exceção e censura.

Fotos registradas por Hiroto Yoshioka ganham exposição na semana ‘Ecos de 1968’ Divulgação

Essa história é lembrada agora, em seu aniversário, com o evento “Ecos de 1968 – 50 Anos Depois”, que acontece até sexta-feira (5) no Centro Universitário Maria Antonia da USP (r. Maria Antonia, 258 e 294, Consolação).

Quatro exposições exploram diferentes aspectos do que aconteceu. Há desde fotos inéditas tiradas na época por Hiroto Yoshioka a obras do Coletivo Lâmina que partem das jornadas de junho de 2013 para discutir a violência em manifestações políticas.

O evento exibe ainda cinco filmes em torno do episódio e promove debates com pensadores como André Singer, Marilena Chauí, Maria Cecilia Loschiavo dos Santos e José Arthur Gianotti.

Essas mesas acompanham o relançamento de dois livros com depoimentos dos protagonistas da batalha: “Livro Branco sobre os Acontecimentos da Rua Maria Antônia – 2 e 3 de outubro de 1968” e “Maria Antônia: Uma Rua na Contramão”. Toda a programação é gratuita e propõe uma reflexão de como o passado se reflete no presente.

Confira a programação:
Atividades são gratuitas e acontecem no Centro Universitário Maria Antônia da USP

• Quarta-feira (3/10)
16h – Exibição do filme ‘A Batalha da Maria Antônia’ (2014)
19h – Lançamento de livros com debates
21h – Juçara Marçal faz leitura cênica de ‘Os Fuzis da Sra. Carrar’

• Quinta-feira (4/10)
16h – Exibição do filme ‘Jango’ (1984)
19h – Exibição de ‘Diário de uma Busca’ (2011)
21h – Leitura cênica de ‘A Lua Muito Pequena’, de Augusto Boal

• Sexta-feira (5/10)
16h – Exibição de ‘Vlado, 30 Anos Depois’ (2005)
19h – Exibição de ‘Que Bom Te Ver Viva’ (1989)
21h – Leitura cênica e debates da Revista Aparte

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo