Saúde: 10 consequências da insônia e dicas de como evitá-la

Por Wellington Botelho

Longas noites sem dormir, rolando de um lado para o outro e contando carneirinhos. Tudo isso pode ser indício de insônia. E o problema atinge milhares de pessoas.

A psicóloga Andreína Marcano especifica que um sono efetivo deve durar em média 8 horas por noite.  Um sono alterado pode produzir uma série de consequências físicas e cognitivas que afetam o desempenho diário.

Dormir mal mata mais rápido do que não comer, já que envelhece as células do nosso corpo.  Ele também é a  entrada para doenças cardíacas, metabólicas e degenerativas ". Confira algumas consequências da insônia:

  • Depressão
  • Ansiedade
  • Distúrbio de memória
  • Irritabilidade
  • Aumento de peso
  • Enxaquecas
  • Dor muscular e tensão
  • Alterações de atenção
  • Fadiga
  • Sonolência diurna

Existem algumas dicas para evitar o problema. A especialista recomenda:

  • Evite o excesso de bebidas escuras ou estimulantes, especialmente depois das 3h00 da tarde.
  • Tenha um jantar leve
  • Adapte uma temperatura média e agradável no ambiente.
  • Evite cochilos durante o dia.
  • Tome um banho quente antes de ir dormir.
  • Consuma chá ou infusões relaxantes.
  • Evite dormir com dispositivos eletrônicos nas proximidades.
  • Sempre vá para a cama ao mesmo tempo.
  • Use roupas confortáveis.
  • Não brigue com o sono. Vá dormir onde você sente o desejo.
  • Evite planejar ou resolver problemas na quarto.
  • Uma mente saudável faz você desenvolver suas habilidades ao máximo.
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo