Estreias no cinema: cinebiografia do boxeador Éder Jofre e mais lançamentos desta semana

Por Metro Jornal

As salas de cinema recebem nessa semana a história de um dos maiores boxeadores da história, o brasileiro Éder Jofre. Ele foi ganhou o mundo como campeão na categoria galo, depois na peso pena. Foram 81 lutas, com 75 vitórias. Só que mais que isso, "10 Segundos para Vencer" vai além do pugilismo, para ser uma história da relação entre pai e filho (leia a matéria completa).

Também tem o thriller noir policial "Um Pequeno Favor", com Anna Kendrick e Blake Lively, e o terror "A Primeira Noite de Crime", uma introdução para a história de "Uma Noite de Crime", de 2013.

Assista aos trailers:

10 Segundos para Vencer

[Brasil, 2018], de José Alvarenga Jr. Com Daniel de Oliveira, Osmar Prado e Ricardo Gelli.

A extraordinária trajetória de Éder Jofre até se tornar um dos maiores boxeadores da história. Um homem divido entre a paixão pelo esporte e a vida em família. Pai e filho na busca de um sonho, o de ser um verdadeiro campeão.


Um Pequeno Favor

[EUA, 2018], de Paul Feig. Com Anna Kendrick, Blake Lively e Henry Golding.

Quando a “nova amiga” de Stephanie pede para ela pegar seu filho na escola e depois desaparece misteriosamente, Stephanie procura descobrir a verdade por trás do súbito desaparecimento de Emily. Stephanie é acompanhada pelo marido de Emily, Sean neste thriller cheio de reviravoltas e traições, segredos e revelações, amor e lealdade, assassinato e vingança.


A Primeira Noite de Crime

[EUA, 2018], de Gerard McMurray. Com Y'lan Noel, Lex Scott Davis e Joivan Wade.

O longa será uma prequel da franquia The Purge/Uma Noite de Crime que se concentrará nos eventos que levaram ao primeiro dos filmes, e vai mostrar como o sistema de “noite de crimes” foi testado inicialmente em uma comunidade isolada como maneira para conter a criminalidade na maior parte do ano — exceto por um dia.


PéPequeno

[EUA, 2018], animação de Karey Kirkpatrick.

Com voz original de Channing Tatum, o longa inverte a história do Pé Grande e imagina o encontro de um Yeti com algo que ele achava ser mito: um ser humano.  A revelação deste “PéPequeno” injeta preocupação na comunidade dos Yetis sobre o que pode existir para além de seu pequeno vilarejo nevado.


Crimes em Happytime

[EUA, 2018], de Brian Henson. Com Elizabeth Banks, Melissa McCarthy e Maya Rudolph.

Filho do criador dos Muppets, Brian Henson dirige esta história sobre uma cidade na qual humanos convivem normalmente com bonecos de pelúcia animados. A tranquilidade é abalada quando um serial killer passa a eliminar fantoches de uma série de TV, motivando uma investigação policial.


A Fábrica de Nada

[Portugal, 2017], de Pedro Pinho. Com Carla Galvão, Dinis Gomes e Américo Silva.

Nesta comédia, um grupo de funcionários de uma fábrica começa a notar que, a cada dia, máquinas e matérias-primas somem do complexo industrial. Quando eles descobrem que os patrões são os responsáveis, decidem permanecer na instalação até que os roubos cessem.


O Que de Verdade Importa

[Espanha, Canadá, EUA, 2017], de Paco Arango. Com Oliver Jackson-Cohen, Jonathan Pryce e Camilla Luddington.

Alec mora em Londres e ganha a vida consertando eletrodomésticos, mas sua situação financeira está cada vez pior. Um tio desconhecido surge e lhe propõe quitar suas dívidas, desde que Alec se mude para o Canadá. Ele aceita e inicia uma jornada de descoberta.


Uma Noite de 12 anos

[Uruguai, Argentina, Espanha, 2018], de Alvaro Brechner. Com Antonio de La Torre e Chino Darín.

José Mujica presidiu o Uruguai entre 2010 e 2015, mas seu passado guarda uma longa prisão durante a ditadura de seu país. O filme narra justamente essa história, que o fez enfrentar torturas e privações ao lado do jornalista Mauricio Rosencof e de Eleuterio Fernández Huidobro, ex-ministro da Defesa.


Coração de Cowboy

[Brasil, 2018], de Gui Pereira. Com Thaila Ayala, Gabriel Sater e Jackson Antunes.

O universo da dupla Chitãozinho e Xororó é homenageado neste trama sobre um cantor de sertanejo universitário que, após ver sumir sua inspiração, decide dar um tempo na carreira para regressar a sua cidade natal no interior, onde deseja se reconectar com suas raízes.


O Homem Perfeito

[Brasil, 2018], de Marcus Baldini. Com Luana Piovani, Marco Luque e Sergio Guizé.

Diana é uma mulher bem-sucedida, com uma carreira estabelecida e que mantém um casamento feliz com seu marido. Ou é o que ela pensa, até descobrir que seu marido está lhe traindo com uma jovem aspirante a bailarina, de 23 anos.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo