MasterChef Profissionais: Nunca tinha visto ovo de avestruz, conta Paulo

Depois de se atrapalhar duas vezes com o relógio, chef proprietário conseguiu se salvar da eliminação

Por band.com.br

A prova de eliminação em rounds não estava sendo fácil para o chef proprietário Paulo Quintella: de três etapas, em duas ele não conseguiu apresentar um prato para os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin. Apesar das intempéries, o alagoano não perdeu o bom humor.

"Cara, acho que a bancada que eu estava tinha muito vento, porque a água não esquentava de jeito nenhum", disse em entrevista ao Portal da Band. "Eu quase passei no primeiro round, mas eu bobeei e não consegui subir para o mezanino", completou.

Leia mais:
MasterChef Profissionais: Fiquei preocupada, diz Adriana sobre fios de ovos
MasterChef Profissionais: A casca é mais difícil no ovo de codorna, conta Heaven

De acordo Paulo, a decisão de não entregar os pratos nas etapas seguintes foi acertada. "Não dava para comer, todos os dois. Se desse, eu ainda entregava para os jurados, mas eu não queria de jeito nenhum. Eu não queria comer aquilo e não ia fazer com que os jurados comessem", explicou.

No último round, o alagoano disputou a eliminação com Simone Bert e ambos tiveram que preparar duas receitas com um ovo de avestruz, utilizando a gema em uma e a clara em outra. "Eu achei engraçado. Que coisa louca, eu nunca tinha visto um ovo de avestruz. Quando eu peguei, o bicho é pesado mesmo", contou.

"Tomei todo cuidado do mundo porque era um cartucho único. As receitas (confira aqui) surgiram naturalmente enquanto eu fui olhando os ingredientes do mercado, por isso eu me concentrei em separar logo a gema da clara. Fiquei com medo de quebrar a gema porque, se misturasse tudo, já era. Essa parte eu fiz com muito cuidado porque, se não estivesse bem-feita, eu estaria fora", afirmou.

Paulo contou ainda que subir ao mezanino, com todos os percalços, o deixou aliviado. "Eu fiquei tranquilo, mas eu sempre quero fazer o meu melhor. Se eu sair fazendo o meu melhor, tudo bem, mas eu não quero sair. É sempre bom ir cada vez mais longe", finalizou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo