Breaking Bad: Galápagos lança jogo de tabuleiro inspirado na temática da série

Por Bruno Bucis/Metro Brasília

Este ano “Breaking Bad” completa uma década de sua estreia. A série em cinco temporadas do canal americano AMC se tornou um dos maiores fenômenos televisivos dos últimos anos, dando origem a outras séries, uma infinidade de produtos licenciados (e camisetas pirateadas) e, finalmente, um jogo de tabuleiro que acaba de chegar ao Brasil.

Lançado pela Galápagos Jogos, que já adaptou outros seriados como “Game of Thrones” aos jogos de mesa, a versão de tabuleiro para “Breaking Bad” é feita para ser jogada por de três a oito pessoas que podem escolher comandar um dos três cartéis na luta pelo controle do tráfico (Heisenberg, Juaréz ou Los Pollos Hermanos) ou a polícia do Novo México. O objetivo dos jogadores, porém, é o mesmo: derrotar todos os demais.

Para chegar a este fim, porém, leva-se tempo: cada partida pode tomar até duas horas e cada personagem tem movimentos complexos, o que obriga a criação de uma boa estratégia para matar seus adversários (o caminho mais difícil) ou vender mais metanfetamina que os demais (o caminho mais fácil).

jogo breaking bad Uma forma de ganhar o jogo é produzir o máximo de cristais de metanfetamina – que são feitos de plástico / Reprodução

As regras são intrincadas e para entendê-las inteiramente é necessário jogar pelo menos por três vezes – o livro de regras, inclusive, possui 20 páginas. A cada rodada um jogador pode atacar os demais (de várias formas), produzir mais drogas, ou realizar negociações – alianças são permitidas e até incentivadas.

O jogo, porém, é cheio de gratas surpresas para os fãs como a carta de Saul Goodman, que como o personagem da série, pode tirar os jogadores de qualquer enrascada; ou como as cartas de personagem que trazem habilidades especiais relacionadas ao caráter dos personagens na série (Jesse Pinkman, por exemplo, pode perder partes de sua vida no lugar dos demais).

O jogo está à venda no site galapagosjogos.com.br a R$ 249,90 – preço que pode impressionar quem não está acostumado a comprar jogos de tabuleiro, mas que, infelizmente, está na média. A qualidade impecável do acabamento, porém, compensa o investimento.

Com as cartas é possível fazer tiroteios, trair aliados ou conseguir uma temporada na reabilitação Com as cartas é possível fazer tiroteios, trair aliados ou conseguir uma temporada na reabilitação / Reprodução

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo