O circo de horrores que eu fazia está na internet, diz Ratinho a Fábio Porchat

Por Estadão Conteúdo

O apresentador Ratinho relembrou momentos de sua carreira em entrevista ao "Programa do Porchat" nesta última terça-feira (18). Questionado por Fábio Porchat sobre críticas feitas por jornalistas no passado de que seu programa seria um "show de horrores", Ratinho respondeu: "Continua do mesmo jeito."

"Eu fui mudando o programa. Acho que o circo de horrores que eu fazia está na internet. Então vou concorrer com a internet. Você põe: 'Homem de duas cabeças'. Aparece lá. 'Homem grávido', tá lá no Google, é só entrar lá. Então tive que reinventar", disse.

"Pra vender comercial é mais fácil num programa sem horrores do que num programa com horrores. Você vê que programa policial não vende comercial. E eu preciso faturar. Aqui (Record) eu era funcionário, lá (SBT) eu sou sócio do programa", complementou.

Ainda sobre as críticas, foi sincero: "Ficava p*** da vida, queria matar jornalista. Odiava jornalista. Hoje não. Tem uns que sou amigo, ainda."

Sobre ainda receber críticas, rebateu: "Tô c*** e andando. Acho que as pessoas interpretam de outro lado. Hoje tem opinião do próprio povo. As redes sociais deram opinião às pessoas. Um jornalista fala mal de você, entra um milhão de pessoas te defendendo."


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo