Coroa Britânica: O grande amor da família real pelos cães

Por Wellington Botelho

Em 1837 a Rainha Victoria tornou-se Patrona Real de RSPCA (associação existente na Inglaterra que promove o bem-estar dos animais). E Elizabeth II mantém o título até hoje.

A atitude demostra o grande amor da família real pelos cães. Os membros da coroa britânica continuam como patronos para várias instituições de caridade relacionadas aos animais de quatro patas.

Perda

A rainha Elizabeth II perdeu seu último corgi, Willow, em abril deste ano. Willow tinha quase 15 anos de idade e era o último dos descendentes de Susan, uma cadela da raça corgi que Elizabeth ganhou de presente de seus pais quando ainda era princesa, aos 18 anos, em 1944.

O cachorro era a 14ª geração de corgi criada pela rainha, que criou cerca de 30 animais da raça durante toda sua vida.

Em 2015, ela parou de deixar que seus corgi engravidassem pois ela não queria deixar nenhum para trás após sua morte. Elizabeth, porém, ainda tem dois cachorros, Vulcan e Candy, que são corgi cruzados com outras raças.

Rainha Rainha Elizabeth ao lado dos corgis Willow e Holly e dos "dorgis" Vulcan e Candy, em 2016 / Reuters

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo