MasterChef Profissionais: Sambei na cara da sociedade, brinca Roberta

Por Band.com.br

O desafio de preparar um peixe de Bragança com farinha d'água e legumes, junto com uma tapioca brûleée de tangerina, assustou alguns dos participantes do "MasterChef Profissionais". Foi o caso de Roberta Magro, que ficou bastante preocupada com o preparo da sobremesa trazida pela chef Teresa Corção.

"Eu fiquei desesperada com o doce, não por ter que fazer dois pratos. O problema não era nem a tapioca em si, mas o creme. Eu não sei nada de confeitaria. Esse negócio de temperar ovo não é para mim. Eu não sabia o que fazer", confessou a paulista em entrevista ao Portal da Band.

Leia mais:
MasterChef Profissionais: Nunca tinha usado farinha d’água na cozinha, revela Manoela
MasterChef Profissionais: muita gente nunca fez uma tapioca, afirma Teresa Corção

"A farinha d'água eu já tinha trabalhado, eu sabia como hidratar. O peixe era básico. O molho eu também tinha noção de como fazer. Eu fiquei mais preocupada com a tapioca, porque tinha vários processos várias cozinhas. A galera me passou a receita e eu consegui reproduzir, graças a Deus", completou.

"Meu objetivo era entregar o prato, independentemente de estar bom ou não. Eu ia ficar muito chateada se não entregasse. Mas eu fiquei passada, chocada quando vi que era um destaque positivo. Sambei na cara da sociedade. Dessa vez eu vou dormir plena", disse.

"Eu já estou ficando profissional em prova de eliminação. O importante é fazer um bom trabalho, tentar fazer o seu trabalho e entregar um prato, de preferência que eles gostem, né?", finalizou.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo