Henry Cavill não deve mais viver o Superman nos cinemas, segundo site

Por Metro Jornal

O ator Henry Cavill não deve mais interpretar o Superman no Universo Estendido DC, segundo o site The Hollywood Reporter. De acordo com fontes ouvidas pelo portal, especializado em cinema, conflitos de agenda resultaram no cancelamento da aparição de Clark em "Shazam!", o próximo longa da DC.

Leia mais:
Mr. Catra deixou músicas inéditas, afirma primeira esposa do cantor
Filmes na TV: Cinderela, Uma Casa de Pernas pro Ar e mais destaques desta quarta

Até então, Cavill vestiu a capa vermelha três vezes: em "Homem de Aço" (2013), responsável por inaugurar um universo compartilhado de heróis da DC, "Batman vs. Superman: A Origem da Justiça" (2016) e "Liga da Justiça" (2017). Os representantes do ator disseram ao The Hollywood Reporter que não ouve um entendimento sobre as agendas e que a Warner desistiu da participação dele em "Shazam!". Agora o estúdio cogita, inclusive, fechar as portas para outras produções com Cavill. Ainda não há confirmação oficial de nenhuma das partes.

A reportagem também especula que a Warner esteja mudando de foco, uma vez que o estúdio está concentrando esforços em um projeto que deve contar a história de origem da Supergirl. Nesse caso, o Superman seria apenas um bebê – o que exigiria um novo ator, de qualquer forma. "Superman é como James Bond, depois de um certo tempo, eles precisam olhar para novos atores", disse a fonte ouvida pelo site americano.

Esta seria a segunda perda da principal equipe da DC, após os problemas com Ben Affleck, intérprete do Batman (entenda aqui). Ezra Miller, Jason Momoa e Gal Gadot, contudo, parecem seguir nos planos do estúdio sem grandes problemas. Os dois últimos, por exemplo, estão com filmes solos previstos para estrear – "Aquaman" em dezembro deste ano e "Mulher-Maravilha 1984" em novembro de 2019.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo