A Freira: Estas são as críticas internacionais sobre o novo filme do universo de 'Invocação do Mal'

Por Victória Bravo

“A Freira”, o mais novo filme do universo de “Invocação do Mal”, estreia nesta quinta-feira (6) e já acumula algumas críticas nos principais veículos de comunicação sobre o assunto.

Confira qual foi o impacto causado por uma das produções de terror mais esperadas do ano:

Digital Spy

“A Freira é um belo filme (excluindo os efeitos de iluminação não confiáveis) com alguns elementos de design forte, incluindo um cemitério cheio dos crucifixos. Mas você irá esperar em vão Hardy tirar proveito de tudo o que tem e oferecer alguns sustos genuínos. Vamos esperar que os futuros filmes de “Invocação do Mal” não façam disso um hábito”.

IGN

“Embora exista diversão aqui e ali, muitas vezes é como se “A Freira” tentasse patinar com o reconhecimento do nome (da franquia) e boa aparência, deixando-nos com um passeio inegavelmente superficial, mas divertido”.

GIF Reprodução / Giphy

Variety

“Conhece as ferramentas do ofício: colocando as cruzes de cabeça para baixo lentamente, projetando sombras sinistras, ligando rádios antigas, saindo das paredes para agarrar pessoas aterrorizadas , apenas para soltá-los assim que gritem. Enquanto ao final, não parece levar em conta nada além de castigar o clero local”.

The Hollywood Reporter

“Irmã Irene, padre Burke e Frenchie, eventualmente, se encontram para um confronto subterrâneo que se desenvolve como uma sequência de um filme de múmias, com tochas acessas (…). Mas é Farmiga quem emerge como os batimentos do coração do filme, em uma atuação  o suficiente boa para fazer você esquecer sua estranha semelhança com a irmã mais velha”.

Rolling Stones

“O verdadeiro horror necessita antecipação para funcionar corretamente, mas é difícil antecipar alguma coisa quando tudo já está sendo “lançado”. O medo se dissipa. Os nossos gritos não são mais do que suspiros de exaustão”.

The New York Times

“Os espectros e alucinações aparecem sem uma narrativa lógica consistente. Os personagens são desviados separadamente quando o trabalho em equipe pode reduzir o atrito com os demônios ou morte”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo