Bruna Marquezine rebate críticas sobre magreza e revela que teve depressão

Por Band.com.br

A atriz Bruna Marquezine fez um longo desabafo em seu InstaStories nesta quarta-feira (5) após ler comentários maldosos sobre sua atual forma física.

Incomodada com a invasão de haters em sua última postagem, onde aparece com um vestido preto em Veneza, na Itália, a artista soltou o verbo. "Eu estou muito saudável, graças a Deus. Inclusive, bem antes de vir para essa viagem, fiz todos os meus exames, fiquei muito feliz com todos os meus resultados, meu médico também, e isso deveria ser a única coisa importante. Também acho muito importante que a gente se sinta bem com nosso corpo, acho importante me olhar no espelho e me sentir bem, e eu estou, olha que coisa maravilhosa", disse em tom de deboche.

Leia mais:
Sapatos vermelhos usados por Judy Garland em O Mágico de Oz são achados pelo FBI
House of Cards: teaser da última temporada revela destino de Frank Underwood

Bruna ainda explicou que chegou a perder peso antes de dar vida à vilã Catarina, mas agora não está com nenhuma restrição alimentar. "Amo meu corpo e estou muito feliz com ele do jeito que é. Não quero emagrecer, não estou fazendo dieta. Emagreci recentemente por causa de um trabalho, porque era interessante para a personagem. Cheguei a dar entrevistas sobre isso na época da novela [Deus Salve o Rei] porque perguntaram por que eu tinha emagrecido, e eu disse que tinha a ver com a personagem. Quando engordo um pouco fico com o rosto um pouco mais redondo e isso faz com que eu fique com cara de menina. Como iria fazer uma vilã medieval, seria interessante estar um pouco mais magra e por isso eu estava emagrecendo de forma saudável, com acompanhamento da minha nutricionista, do meu médico, fazendo exames para ver se estava tudo bem. Descobri nessa época que eu estava com uma disfunção na tireoide e não era nada grave, já resolvi isso também, mas foi muito bom porque resolvi me cuidar", explicou.

A beldade ainda fez um alerta sobre como se portar na vida. "Ser sincero é diferente de ser noção e sem educação. Se uma pessoa te pergunta uma opinião, você deve dizer a verdade, agora se ela não pergunta você fica calado. E aí os chatos vão dizer: 'Você é uma pessoa pública', 'você postou uma foto no Instagram, então as pessoas podem dar opinião'. Não, não podem. Se a sua crítica for ofender, machucar, fazer com que a pessoa se sinta mal com o corpo dela, por mais que sem intenção, fique quieto, não comente. Em nenhuma das minhas legendas eu perguntei se estou bonita. Não perguntei se estou magra demais, se vocês acham que devo engordar, e geralmente as pessoas não perguntam. Então por que falar? Por que perder seu precioso tempo, fazendo qualquer tipo de comentário que não é construtivo?", reclamou.

Bruna ressaltou que as pessoas têm de se sentir bem para estarem felizes com elas mesmas, e não para agradar os outros. "Estamos numa era de aceitação. Eu vejo muitas mulheres diminuindo as outras: 'Ai, está muito magra, homem gosta de carne'. Então manda ele numa churrascaria. É mentira, não é para mandar ninguém ir na churrascaria porque ninguém deveria comer carne, é uma crueldade, mas isso é outro assunto. As vacas não têm nada a ver com isso. Só mudem esse raciocínio. O nosso corpo não foi feito para agradar os homens, para agradar ninguém. A gente tem que estar saudável e feliz. Aí vem uma gênia e fala que parece que estou com anorexia, achando que está salvando minha vida. Se eu estivesse, você me deixaria pior. São comentários irresponsáveis, pessoas irresponsáveis, isso é grave".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo