Atriz da série ER é morta após ameaçar policiais com arma de brinquedo

Por Metro Jornal

Vanessa Marquez, que trabalhou na série "ER" (ou "Plantão Médico", quando exibida na Globo nos anos 1990), foi morta por policiais na última quinta-feira (30/8) em Pasadena, Califórnia, depois que a atriz teria ameaçado os agentes com uma arma que, depois, descobriu-se ser de brinquedo.

Segundo informações do tenente Joe Mendoza ao site do Daily Mail, a polícia atendeu a um chamado para atender uma mulher que estaria tendo convulsões. O senhorio de Vanessa teria pedido ajuda por estar preocupado com as condições de saúde dela, que tinha 49 anos e sofria, aparentemente, de distúrbios alimentares que a deixaram muito debilitada.

Três policiais e um agente de saúde mental local se apresentaram no apartamento por volta das 12h30 e tentaram prestar socorro a ela por cerca de uma hora e meia, mas ela teria se mostrado "extremamente arredia" até apontar o revólver falso para os policiais, que abriram fogo. Ela foi atingida no peito e levada para o hospital, onde morreu.

Segundo o tenente Mendoza, a arma era uma réplica de uma semi automática, bastente parecida com um revólver convencional.

Na série ER, Vanessa interpretou a enfermeira Wendy Goldman entre 1994 e 1997, época que abrangeu o período em que George Clooney estava na série como uma das estrelas.

No ano passado, ela teria escrito um tuíte acusando o ator de ter ajudado em situações que a colocaram "lista negra" depois que ela denunciou assédio sexual e racista no set de "ER". Clooney negou saber que ela tinha sido banida da indústria e que não tinha nada a ver com isso.ng George Clooney between 1994 and 1997

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo