Beyoncé na capa da Vogue: Além de ensaio impactante, cantora revela o que mudou após o parto dos gêmeos Sir e Rumi

Por Victória Bravo

A edição anual de setembro da revista Vogue é a maior, a mais importante e a mais influente do ano. Isso acontece porque seus diferenciais editoriais podem ditar importantes tendências.

Quem estampou a capa da edição em 2018, foi ninguém menos do que Beyoncé, que além de fazer um ensaio impactante pelas lentes do fotógrafo Tyler Mitchell, usou suas próprias palavras para escrever sobre a nova fase que vive em sua vida neste momento.

A post shared by Beyoncé (@beyonce) on

Em um relato importante, a cantora revelou como a maternidade e a aceitação do seu próprio corpo caminharam juntas após o parto dos gêmeos Sir e Rumi:

“Depois do nascimento da minha primeira filha, acreditei nas coisas que a sociedade dizia sobre como meu corpo deveria parecer. Eu me pressionei para perder todo o peso do bebê em três meses e agendei uma pequena turnê para ter certeza que faria. Olhando para trás, isso foi uma loucura. Eu ainda estava amamentando quando fiz os shows do Revel em Atlantic City em 2012. Depois dos gêmeos, eu me aproximei das coisas de forma muito diferente.

Eu tinha 218 libras no dia em que dei à luz a Sir e Rumi. Minha saúde e a saúde dos meus bebês estavam em perigo, então eu tive uma cesariana de emergência.

Durante a minha recuperação, eu me dei autoestima e autocuidado, e abracei meu corpo mais curvilíneo. Eu aceitei o que meu corpo queria ser. Depois de seis meses, comecei a me preparar para o Coachella. Me tornei vegana temporariamente, deixei café, álcool e todas as bebidas de frutas. Mas eu fui paciente comigo mesma e aproveitei minhas curvas. Meus filhos e meu marido fizeram isso também.

Acho importante que mulheres e homens vejam e apreciem a beleza em seus corpos naturais. É por isso que tirei minhas perucas e extensões de cabelo e usei pouca maquiagem para esta sessão”.

A post shared by Beyoncé (@beyonce) on

No texto completo, Beyoncé também fala sobre a importância de abrir as portas para os jovens, dando o exemplo do fotógrafo de 23 anos, Tyler Mitchell, que com o eensaio de setembro, foi o primeiro afro-americano a fotografar uma capa da revista ícone da moda.

A cantora encerra mencionando o futuro e dizendo que vai “continuar explorando cada centímetro da sua alma e cada parte da sua arte”.

Confira as fotos do ensaio:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo