Mãe de Cory Monteith, ator de Glee, diz: 'Ele não estava pronto para o mundo de Hollywood'

Por Estadão Conteúdo

A mãe de Cory Monteith, protagonista de Glee que faleceu em 2013, abriu seu coração em entrevista para a revista People. Ann McGregor perdeu seu filho de 31 anos por causa de uma mistura de álcool e drogas.

Na entrevista, a senhora de 67 anos contou que Monteith começou a beber e usar drogas aos 13 anos, enfrentando diversas reabilitações a partir dos 15 anos. "Ele tentava esconder tudo de mim, porque me amava e queria me proteger", explica. Ann ainda acrescentou que o filho não estava pronto para o mundo de Hollywood, que o fazia descontar nas drogas.

Em dezembro de 2012, sete meses antes de sua morte, Monteith admitiu para a mãe que havia voltado a usar drogas.

Pouco tempo depois, em abril, foi para a reabilitação, onde ficou até maio, quando começou a realizar intensos procedimentos dentários. Ann acredita que isso possa ter afetado sua sobriedade, já que "ele não tinha drogas suficientes para matá-lo, mas por alguma razão aconteceu por causa de sua intolerância".

O ator foi encontrado morto em julho de 2013, em um hotel de Vancouver, no Canadá. De acordo com a autópsia, havia traços de morfina, codeína e heroína em seu corpo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo