Stranger Things: Terceira temporada promete tom mais sombrio e o nascimento de uma relação ainda mais profunda

Por Victória Bravo

Shawn Levy, o diretor de Stranger Things, foi claro: veremos um tom mais sombrio na terceira temporada do sucesso da Netflix.

Em uma entrevista com a Deadline, ele revelou que dessa vez nos levará a “lugares que vamos amar” e que, devido ao amadurecimento dos personagens, as coisas podem ser tornar mais obscuras.

O diretor não foi o único que falou sobre o programa. David Harbour, também conhecido como Hopper, revelou algumas informações sobre a série.

O ator contou que veremos seu personagem de uma forma diferente:

“Tivemos uma segunda temporada mais suave com Jim, já que ele estava trabalhando em seus instintos paternais e aprendendo uma responsabilidade que era maior do que ele, mas eu acho que ele tinha perdido alguma coisa, comparando com a temporada 1. Quero dizer, seu lado difícil: esse cara que vai para estruturas governamentais e bate na cara das pessoas. (…)”, explicou.

GIF Reprodução / Giphy

O ator completou que na terceira temporada Hopper será uma versão mais ousada, mas também mais suave e paterna: “Houve um tipo de homem aventureiro que colocamos em segundo plano. Então eu acho que nós vamos ver um pouco mais do Hopper durão que você pode ter gostado na temporada 1. É quase como (Temporada ) 1 (…). Agora temos esse terceiro personagem, que volta como o aventureiro de capa e espada da temporada 1, mas também tem a filha adotiva (Eleven) que ele ama muito, é realmente genial”.

Ao que tudo indica, Hopper vai assumir de vez a responsabilidade por Eleven em uma fase muito complicada: a adolescência. Certamente veremos muita ação e um pai disposto a defender sua filha adotiva com unhas e dentes.

A única má notícia nisso tudo é ter que esperar até 2019 para ver os novos episódios na Netflix.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo