Ed Sheeran consegue autorização para instalar grades de proteção em frente à sua casa e gera protestos

Por Estadão Conteúdo

O cantor Ed Sheeran conseguiu autorização do governo de Londres para instalar grades de proteção em frente a sua residência, localizada no bairro nobre de Kensington and Chelsea, no centro da capital inglesa.

Sheeran e seus representantes haviam feito o pedido à prefeitura em abril de 2018 e aguardavam desde então o sinal verde para seguir com o projeto.

De acordo com o jornal britânico The Independent, a instalação prevê limitar a passagem de pedestres e ainda impedir que moradores de rua usem a área para dormir, aumentando a segurança no perímetro da propriedade – um prédio revestido de tijolos, com quatro andares, em estilo vitoriano.

O projeto, no entanto, causou grande polêmica e gerou diversas críticas na cidade. Muitos lembraram que Sheeran, de 27 anos, começou sua vida londrina em 2008 sem ter onde morar e chegou a dormir dentro dos vagões do metrô por não possuir residência fixa.

A imprensa britânica ainda citou um estudo, publicado pela revista 24Housing, que revelou que uma em casa sete famílias residentes em Kensington and Chelsea – o que daria cerca de 1,4 mil pessoas – é de moradores de rua.

Em abril, quando as primeiras notícias surgiram na mídia, Sheeran usou o Instagram para atacar publicamente um tabloide e explicar a real razão pela qual fez o pedido para instalar a proteção.

"Querida Natalie Edwards do jornal The Sun. Sua história é bobagem, eu já fiz diversos trabalhos com moradores de rua no passado e nunca construiria uma proteção fora da minha casa por essa razão", sentenciou. "A razão era para manter os paparazzis que você emprega longe da minha porta. Tenha um bom dia."

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo